Saúde

Os 25 erros mais comuns do corredor iniciante, segundo profissionais

Quem nunca correu na vida pode achar que é só colocar um par de tênis e sair por aí.

Mas quem já tentou correr até mesmo 1 quilômetro sabe que não é bem assim.

A verdade é que a corrida possui inúmeros benefícios, como a redução da gordura corporal, a melhora da ansiedade, da capacidade cardiovascular e pulmonar, dos níveis de colestrol, diminui as chances de adquirir osteoporose, entre outros.

No entanto, para desfrutar de todos esses benefícios, é preciso se aventurar no esporte. Uma preparação física é fundamental.

Se você está pensando em se juntar ao time dos corredores, fique atento neste artigo. Atletas profissionais confessaram os principais erros que cometeram quando começaram a correr.

Leia atentamente para não cometer os mesmos equívocos.

1. Só correr

corrida-2

“Durante meus primeiros dois meses de preparação para maratona, eu não fiz qualquer outro treinamento além de correr. Minhas pernas estavam constantemente doloridas e eu comecei a odiar a corrida.

Foi aí que percebi que precisava correr menos e a incorporar outras atividades na minha agenda.” – Alyssa Arnold.

2. Não se exercitar após a corrida

“Meu maior arrependimento foi o de deitar no sofá depois da minha primeira corrida de 10 quilômetros. Minhas pernas ficaram tão rígidas que eu mal pude andar durante alguns dias, além das escadas terem se tornado uma tortura.

Eu aprendi a ficar de pé para fazer meu sangue fluir e a me alongar suavemente nas primeiras horas após a corrida. Isso realmente ajudou na minha recuperação.” – Jen Batista.

3. Comer novos alimentos antes de uma corrida

corrida-3

“Eu testei um novo pequeno-almoço no café da manhã. Eu esqueci de comprar bananas e manteiga de amendoim para o meu pão de costume, então eu improvisei e comi algo que não estava acostumado.

Após 45 minutos eu estava com cólica e acabei vomitando mais tarde.” – Christopher Lopez.

4. Ser muito ambicioso

“Eu estava animado e me inscrevi para uma meia-maratona com alguns amigos corredores mais experientes. Mas eu não estava adequadamente preparado e não treinava de forma eficiente.

Acabei com bolhas enorme nos meus pés. Eu não consegui usar sapatos durante dois dias!” – Cali Lavey.

5. Esquecer-se de descansar

corrida-4

“Estava treinando muito e não descansava. Isso ocorreu durante meses. Eu estava exausto e meus níveis de energia para correr só abaixavam. Agora, eu aprendi a descansar e a ser mais paciente.” – Dominic Grossman.

6. Ignorar outras partes do corpo

“Eu não fazia treinamento de força o suficiente até que tive algumas lesões. Agora, faço um monte de exercícios para fortalecimento dos quadris e glúteos para equilibrar a minha tendência natural para overpronate.” – Marnie Kunz.

7. Tentar bater seu recorde constantemente

corrida-5

“Quando eu comecei a correr, tentei bater o meu recorde pessoal. Corria na esteira o mais rápido possível durante semanas, até que eu tive uma fratura por estresse.” – Ron, corredor por 14 anos.

8. Ignorar as pernas e os quadris

“Eu não queria fazer fortalecimento do quadril. Mantive a corrida mesmo com meus quadris fracos. Isso acabou ocasionando uma fratura por estresse nas costas. No topo da boa forma, o treinamento de força é crucial.” – Meredith Harclerode.

9. Acreditar que os seus tênis são imortais

corrida-6

“Eu comprei um par de tênis para treinar para a minha primeira maratona. Pensava que sua forma se deteriorava baseada em quanto tempo você o possui e não em quantas milhas você corre nele.

Em um treinamento de 20 quilômetros, eu tive tanto inchaço e dor nos meus pés que precisei parar. Após uma ressonância magnética ordenada pelo médico, descobri que meu tênis tinha “morrido” há mais de um mês.

Eu, então, tinha uma escolha: correr com tênis mortos ou comprar um par novo. Eu, é claro, optei por tênis novos.” – Kate Barry.

10. Não respeitar os sinais do seu corpo

“Depois de uma maratona, senti uma enorme fadiga física. Mesmo assim, insisti em correr outras maratonas. Após o percurso, precisei ficar parada por seis meses porque o meu problema piorou.

Agora eu sei que a vontade de correr não pode passar por cima de minhas condições físicas.” – Amanda Brooks.

11. Falta de cuidado com a suplementação

corrida-1

“Eu corri uma maratona e levei um goo packet (espécie de suplemento alimentar). O pacote explodiu quando tentei abri-lo no meio da corrida, o que fez com que eu ficasse todo pegajoso por cinco quilômetros.” – Lavey.

Leia:  ONG leva prática de yoga e meditação a crianças da periferia de Olinda

12. Esperar sentir dor para fazer um check-up

“Eu sempre fui atleta e eu nunca fui gravemente ferido, mas um dia eu senti uma leve dor no meu joelho. Eu ignorei por um mês até que percebi que eu estava tendo dificuldades em colocar peso sobre a perna direita.

Finalmente eu fui a um médico e descobri que eu tinha um problema. Fiz terapia durante quatro meses. Hoje, sei que não deveria ter esperado tempo para fazer um chek-up.” – Arnold

13. Seguir tendências da moda na hora de comprar um tênis

corrida-7

“Eu comprei tênis minimalista sem saber o que realmente era. Eu só sabia que as pessoas gostavam desses tênis. O que aconteceu? Você adivinhou: acabei ferido.” – corredor do LetsRun.com

14. Não atualizar as músicas do celular

“A música ajuda a definir o ritmo de sua corrida e a torna mais agradável. Para cada dia de corrida, eu aprendi que preciso atualizar minha lista para que as novas canções possam me motivar. Sempre que eu esqueço, é visível como o meu rendimento cai.” – Arnold.

15. Não beber água corretamente

corrida-8

“Eu decidi ir para uma corrida durante a parte mais quente do dia. Na época, eu acreditei que seria bom para suar um pouco, mas não me hidratei corretamente.

Voltei me sentindo completamente desidratado e cansado. Se você for sair em um tempo quente, use uma roupa adequada e leve água o suficiente.” – Sarah Robertson.

16. Erros de estratégia

“Levei seis anos para perceber que eu realmente tenho um desempenho melhor quando corro longas distâncias. Comecei a correr distâncias mais curtas e desperdicei um par de anos tentando conquistar a milha.” – corredor do RunningAhead.

17. Não usar o tênis adequado

corrida-9

“Eu corri a minha primeira maratona com um par de tênis estruturados e almofadados. Eu não tinha ideia do que estava fazendo, mas pensei que precisava de proteção extra para salvar meus joelhos. Em contrapartida, eu me senti muito lento durante o percurso.” – Joe Grant.

18. Não se alongar corretamente

“Depois de sentir uma forte dor no joelho durante uma meia-maratona, descansei por duas semanas.

Quando comecei o treinamento de longa distância de novo, tive o mesmo problema. Percebi que não poderia corrigi-lo apenas descansando. Agora, sei como me alongar corretamente a maioria dos meus problemas relacionados ao treino estão desaparecendo.” – Mary Rose.

19. Não estar familiarizado com a rota

corrida-10

“Eu fiquei perdido várias vezes nas minhas primeiras corridas. Por isso, se um caminho parece diferente – especialmente quando está fazendo trilhas – volte para o lugar que é familiar para você.” – Michael Wardian.

20. Tratar a corrida como outros esportes

“Meu maior erro foi tratar a corrida como o futebol: se eu não estava exausto ao final da prática, é como se eu não tivesse trabalhado o suficiente. Agora, faço cerca de 80% de esforço ao executar as minhas corridas.” – corredor do RunningAhead.

21. Não aproveitar as chances de recorde

corrida-11

“Eu estava no meu pico de forma durante um período e não aproveitei. Hoje, lamento profundamente não ter tentado bater meu recorde pessoal naquela época.” – Seth Ariel Verde.

22. Não valorizar a recuperação

“Corridas de recuperação devem ser feitas em um ritmo fácil e moderado. Meu maior erro nos meus primeiros anos de carreira foi fazer somente exercícios rápidos.

Deixei minhas corridas individuais transformar-se em mini maratonas.” – X Trackster.

23. Esquecer-se de usar creme antialérgico

corrida-12

“Esqueci de passar o creme antialérgico na virilha durante a maratona. Estava tão irritado que precisei passar lama nas regiões inferiores na tentativa de aliviar o incômodo.” – Wardian.

24. Não checar equipamentos de segurança

“Eu esqueci de mudar as baterias das lâmpadas do meu capacete durante uma corrida no escuro. Isso custou-me muito tempo.” – Michele Yates.

25. Não levar dinheiro

corrida-13

“Eu fui participar de uma corrida e esqueci de levar dinheiro e cartão de metrô. Estava chovendo. Tive que sentar e esperar a chuva parar o suficiente para eu enxergar o que estava na minha frente.

O resultado é que eu tive que correr oito quilômetros extras.” – Kunz.

Fonte: greatist.com.

Conhece alguém que pratica o esporte? Compartilhe este artigo!