Viagem

4 dicas para viajar de carro na Europa

Viajar de carro é sempre uma ideia maravilhosa pra quem gosta de dirigir como eu.

É aquele jeito de aproveitar todas as paisagens da viagem e cantar todas as músicas que você guardou pra esse momento.

Mas, como alugar um carro em euros não é uma tarefa barata, ainda mais considerando o preço atual do euro, qualquer dica pra economizar é muito bem vinda.

Para isso, eu fiz uma listinha das “ferramentas” que eu sempre uso em qualquer viagem de carro, desde onde procurar, como planejar até como economizar.

1. “Buscapé” dos aluguéis de carro

viajar de carro na europa estrada

Existe um site que eu uso pra procurar os melhores preços de carros para alugar aqui na Europa, chama-se EconomyCarRentals.com.

Ele funciona da seguinte maneira. Você coloca as informações:

  • A cidade em que vai pegar e devolver. Existe a opção de devolver em outra cidade.
  • Horário de retirada e devolução. Normalmente isso não importa muito porque o valor é em relação a diária mesmo. Importa mais no caso de você buscar o carro em horário que a loja ainda não está aberta. Na hora de devolver, tanto faz porque provavelmente a loja vai estar fechada e eles sempre tem um lugar pra deixar a chave.
  • Idade do motorista.

Com essas informações, vão aparecer vários resultados com diferentes modelos de carros.

É muito importante que você leia as informações em relação ao que a diária oferece porque muitas vezes os carros tem limites de quilometragem diária e isso pode acabar sendo uma enrascada já que você teria que pagar pelo excesso de km diários.

Além disso, é importante que você leia sobre o seguro oferecido também porque normalmente os que vem no pacote cobrem apenas alguns tipos de problemas. Eles oferecem a opção do seguro total por um valor diário, que varia de empresa para empresa.

Depois que você já tiver escolhido tudo, você segue com a reserva do carro.

Você só vai ficar sabendo qual a agência e a localização depois do pagamento. Mas, quando você está escolhendo onde vai buscar o carro, ele te dá a opção de falar qual região da cidade é melhor pra você. Assim, fica mais fácil pra você se organizar.

2. “Calculador de rota” – Via Michelin

O site da Michelin oferece uma calculadora sensacional pra quem gosta de viajar de carro.

Você coloca as informações em relação a origem e o destino. Depois de calcular, ele te passa a distância e uma estimativa de quanto você vai gastar de gasolina, assim como os valores de “pedágios” caso o país tenha esse tipo de cobrança.

É possível adicionar outras informações em relação ao carro que você está usando, se é econômico e etc.

3. BlaBlaCar – App de caronas

Viajar economizando e com carona europa

O Blablacar é uma dos meus aplicativos preferidos. Eu comecei a usá-lo ainda quando morava na Alemanha em uma viagem na Itália.

Leia:  Fotógrafo passa 10 anos viajando para registrar a beleza da humanidade

Basicamente, ele é uma aplicativo para encontrar pessoas que estão indo de carro para o mesmo lugar que você ou para a mesma região. A pessoa coloca as informações em relação ao carro e até se vão três ou duas pessoas atrás.

Eu considero como um aplicativo bem confiável e eu costumo avaliar assim como ler todas as avaliações das pessoas que pegam carona comigo ou vice-versa.

Quando viajo de carro mesmo turistando, ofereço carona pra ver se consigo economizar mais um pouco na gasolina. De todas as viagens que já fiz (muitas), nunca tive nenhuma experiência ruim.

Pelo contrário. Uma vez, dei carona para um cara que não falava inglês e meu alemão é bem fraco. Mas, a carona foi ótima. Ele teve toda a paciência do mundo pra esperar que eu pensasse em alemão e acabamos conversando a viagem toda.

4. Carteira de motorista – Convenção de Viena

O que muita gente não sabe é que nós podemos dirigir na Europa com a nossa carteira de motorista do Brasil. Sim, podemos.

No entanto, caso você fique na Europa por mais de 6 meses, você precisa tirar uma carteira internacional.

Durante os primeiros 6 meses, nós estamos cobertos pela convenção de Viena. São muitos países que fazem parte do tratado, mas caso tenha dúvidas, melhor dar uma olhada nos países que aceitam a nossa carteira antes.

***

Um assunto que eu acho interessante colocar aqui, off topic, é relacionado ao hitchhiking. Nunca fiz, sempre foi meu sonho. Mas, queria tentar ajudar de alguma forma as pessoas que vivem esse sonho por mim.

O hitchhiking é quando os mochileiros pedem carona no dedo na estrada com uma plaquinha.

Toda vez que você passar por alguém na estrada e ver que ele tem uma placa com a cidade na direção que você está indo, considere dar a carona, por favor!

Existem pessoas boas no mundo, ainda.

Eu conheci muitas pessoas que tiveram essa experiência nos últimos tempos e eu ouvi histórias sensacionais. Apenas dê uma chance de alguém mudar seu dia com uma história. Por que não, né?

***

Esqueci de alguma dica importante? Me ajude ajude a completar e vamos viajar mais e mais barato. Deixe nos comentários abaixo as suas dicas :)

***

Siga as minhas aventuras no Instagram → @luizadelgrande

Brasileira, do interior de São Paulo com o coração mineiro. Viciada em viajar pelo mundo desde os 15 anos quando fiz minha primeira viagem sozinha. Totalmente apaixonada por pessoas e grata por todos que conheci em cada lugar que visitei. Não crio raízes, mas crio fortes laços por onde passo. Atualmente, viajando na Europa em busca de novos propósitos.