Mente

Como desenhar: um guia para iniciantes com 6 exercícios divertidos

Controlar a mão e ver — dois elementos fundamentais para aprender como desenhar. Neste artigo você verá como dar os primeiros passos para dominar a arte do desenho.

como desenhar

Como desenhar, em seis exercícios divertidos. Crédito: Ralph Ammer.

Dica: para os seis exercícios a seguir, eu sugiro que você use a mesma caneta e um tipo específico de papel (A5, por exemplo).

Destreza: dois treinos para começar desenhar

Os dois primeiros exercícios são sobre controlar sua mão. Nós queremos construir músculos e treinar nossa coordenação olho-mão. Exercícios mecânicos como esses são ótimos para iniciantes.

Depois, você pode usá-los para explorar novas canetas ou rabiscar quando ainda não sabe o que desenhar. Além disso, esses exercícios são ótimas maneiras de relaxar sua mente.

Exercício #1: Círculos — mais é mais!

Distribua círculos de vários tamanho em um pedaço de papel até que tudo esteja preenchido. Certifique-se de que os círculos não se sobreponham.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Desenhar círculos não é tão fácil quanto você imagina. Observe como os círculos se tornam mais difíceis quanto maior você os desenha. Experimente-os em ambas as direções e faça muitos deles.

Dica: agite sua mão quando começar formigar. Acima de tudo, este é um treino para nossas mãos.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Exercício #2: “Hatching” — a alegria da estrutura!

Encha um pedaço de papel com linhas paralelas.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

As linhas diagonais são mais fáceis para nós porque obedecem ao movimento do nosso pulso. Você notou como as pessoas canhotas preferem a direção oposta do que as pessoas destras?

Dê uma olhada nos desenhos do seu desenhista favorito e adivinhe qual mão ele(a) usou!

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Agora, certifique-se de tentar outras direções também. Divirta-se! Combine várias hachuras e divirta-se assistindo a escuridão se espalhar em seu papel.

Dica: não gire o papel. O ponto principal aqui é treinar sua mão para ficar confortável em todas as direções.

Então agora que trabalhamos um pouco nossas mãos, vamos treinar nossos olhos.

Percepção: aprender a ver

O desenho é principalmente sobre ver e entender o que você vê. As pessoas geralmente presumem que todo mundo vê o mesmo, mas, na verdade, ver é uma habilidade que você pode melhorar.

Quanto mais você desenha, mais você vê. Os próximos quatro exercícios farão você enxergar melhor.

Exercício #3: Contorno — mostre-me suas mãos!

Você vê todos esses contornos fascinantes da sua mão? Junte-os em um pedaço de papel. Não tente desenhar a mão inteira ainda, apenas escolha algumas dessas linhas adoráveis.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Quer você desenhe uma pessoa, uma planta ou seu animal favorito, geralmente são os contornos que definem um corpo ou objeto e fazem os outros reconhecê-los. O desafio não é tanto sobre desenhar essas linhas distintivas, mas sim vê-las em primeiro lugar.

Mesmo que você já conheça a forma de um objeto, sempre vale a pena dar uma olhada mais de perto e redescobri-lo.

Exercício #4: Chiaroscuro — luz e escuridão!

Organize e desenhe um pedaço de pano. Comece com os contornos e depois — usando suas habilidades de “hatching” — crie uma interação de luz e escuridão.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Este exercício lhe dá uma sensação de luz e escuridão. Eu tenho que admitir que não é o mais fácil e pode muito bem ser parte de um tutorial avançado.

Tenha em mente: este não é sobre ficar perfeitamente “certo”. O tecido é um playground para experimentar as várias hachuras que você praticou antes e sentir como você pode criar luz e sombras com as próprias mãos.

Leia:  Você nunca conseguiu pegar o ursinho naquelas máquinas por um simples motivo. Quer saber?

Dica: você pode usar a eclosão curva para modular as formas e hachura para obter áreas mais escuras que se assemelham com as estruturas tecidas.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Dica: feche os olhos um pouco quando olhar o pano. Você verá tudo embaçado, mas também verá um contraste aprimorado entre a luz e a escuridão.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

O arranjo da luz é uma ótima maneira de mostrar o que é importante em uma foto. Basta dar uma olhada nas pinturas de Rembrandt ou Georges de la Tour. E da próxima vez que você assistir a um filme, procure efeitos dramáticos obtidos com a luz e a sombra.

Exercício #5: Perspectiva — perdido no espaço!

Vamos desenhar alguns cubos. Basta seguir os passos abaixo.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

O desenho em perspectiva é basicamente uma projeção de um ambiente 3D em uma superfície 2D (seu pedaço de papel).

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

A construção de desenhos em perspectiva é um pouco de ciência e não pode ser abordada em detalhes dentro deste artigo. No entanto, podemos nos divertir com uma técnica simples que nos dá uma sensação intuitiva da magia do desenho em perspectiva:

Etapa 1: desenhe uma linha horizontal. Este é o horizonte da sua foto.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Etapa 2: defina dois pontos no horizonte próximos às bordas do papel. Estes são seus dois pontos de fuga.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Etapa 3: desenhe uma linha vertical em algum lugar.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Etapa 4: conecte os pontos finais da linha vertical com os pontos de fuga.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Etapa 5: adicione duas linhas verticais como esta:

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Etapa 6: conecte-os com os pontos de fuga.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Etapa 7: agora use um lápis escuro ou caneta para enfatizar o cubo. Voilà!

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Repita as etapas 3 a 7 quantas vezes quiser. Divirta-se!

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Dica: quando você desenha linhas que se encontram, geralmente é uma boa ideia deixar que elas se sobreponham um pouco. As formas ficarão melhor definidas.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Dominar os desenhos em perspectiva lhe dará o poder de criar ilusões de profundidade. Mas, o mais importante, você ensina seu cérebro a pensar em três dimensões.

Portanto, mesmo que você escolha desenhar formas “planas” ou mexa com as “regras” de perspectiva — o que eu gosto de fazer — entender o desenho em perspectiva ainda é uma das habilidades de desenho mais preciosas que você pode aprender.

Exercício #6: Composição — por que isso está aí?

Faça cinco desenhos diferentes de um objeto. Organize o objeto de forma diferente no papel de cada vez.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Composição é uma ótima ferramenta para “dizer” algo com um desenho, para moldar seu significado ou sua mensagem. Para entender como funciona, temos que ter em mente que nossa percepção foi moldada pelas experiências cotidianas.

Por exemplo, linhas horizontais e verticais parecem mais “estáveis” para nós do que diagonais, que podem “cair” a qualquer segundo. E quando vemos uma grande forma escura na parte inferior, de alguma forma assumimos que ela deve ser “pesada”.

como desenhar

Estável vs Instável. Leve vs Pesado. Crédito: Ralph Ammer.

Ao tentar diferentes arranjos de seu assunto em um pedaço de papel, observe como isso muda suas conotações — seu significado.

como desenhar

Crédito: Ralph Ammer.

Diga-me o que você achou!

Como este é meu primeiro tutorial de desenho, estou curioso para saber se você gostou. O que mais você gostaria de aprender sobre desenho? Por favor, deixe ideias e sugestões na seção de comentários abaixo.

___

Este texto foi publicado originalmente no Medium. Tradução feita por Awebic. Saiba mais sobre o trabalho de Ralph Ammer em seu site.