Viagem

Um guia passo a passo para você se mudar para Ibiza

Já pensou em se mudar para uma ilha repleta de praias paradisíacas e festas insanas?

Bom, eu já!

Não só pensei como me mudei. Em 2015, após mochilar pela Europa e Oriente Médio, eu acabei morando em Ibiza por 6 meses.

E aproveitei muito a vida por lá.

Trabalhei durante a temporada de verão inteira em uma das melhores baladas do mundo, juntei uma grana, fiz bons amigos, me diverti muito e vivi tantas maluquices que me renderam a 2ª parte de um livro chamado “GiraMundo – Uma história surrealmente real”.

Mas, como nem tudo são flores, também caí em muitas roubadas.

Então, caso você esteja pensando em se mudar para um dos destinos mais loucos e lindos desse mundo, vou te passar algumas coisas que aprendi por lá em um passo a passo de como se virar em Ibiza.

Antes de tudo…

ibiza 1

Você precisa saber de uma coisa, que vai achar que é besteira, mas, caso vá para Ibiza, vai entender melhor.

Ibiza é o 3º ponto mais magnético do mundo, atrás apenas do Polo Norte e do Triângulo das Bermudas.

Sendo assim, lá o poder de atração dos seus pensamentos aumenta. Muita gente acredita nisso (inclusive eu).

Em Ibiza você atrai o que deseja.

Por isso, cuidado com seus desejos!

O que nos leva a sexo, drogas e música eletrônica

ibiza 2

Talvez por esse magnetismo da ilha, ou simplesmente pelo hedonismo tão praticado por lá, é muito fácil se perder em Ibiza.

Tive um amigo que foi parar em um hospício.

Outro que simplesmente sumiu.

Eu tomei uma facada em uma briga de rua uma noite. E conheci inúmeros casais que tiveram gravidez inesperadas.

Lá a loucura rola solta, em todo canto tem gente vendendo ou usando drogas (já te aviso de antemão para não se chocar) e a galera não se preocupa muito em usar proteção na hora H.

Então, lembre-se sempre de uma coisa: tudo o que você fizer terá um preço.

Timing

Muita gente me pergunta porque fui embora de Ibiza. Meu motivo é muito simples: timing.

A ilha é incrível no verão, mas depressiva no inverno. As boates, os restaurantes e os bares fecham. Muitos hotéis também.

As ruas e praias ficam desertas e praticamente não existe oportunidades de emprego. O melhor a fazer é chegar em Ibiza no final de abril ou no começo de maio para procurar casa e trabalho.

Nessa época as coisas começam a abrir e as pessoas começam a ir para ilha, que atinge seu pico em julho e agosto, e termina seu ciclo em outubro com as grandes festas de encerramento.

Moradia

onde morar ibiza

Existem muitas possibilidades, desde “villas” a quarto de hotéis.

O preço médio gira em torno de 320 euros mensais (+ contas) por quarto compartilhado.

Geralmente alugam-se apartamentos para 5 pessoas que fecham contrato por 6 meses sujeito a multa. Ar-condicionado é um diferencial que vale a pena, acredite.

Você pode encontrar anúncios de locação de imóveis em murais de bares e lan-houses pela ilha, além de grupos no Facebook.

No meu caso, achei meu primeiro apartamento no quadro de avisos de um pub chamado The Ship, na cidade de Sant Antoni, no oeste da ilha.

Trabalho

onde trabalhar ibiza

É muito fácil arranjar trabalho em Ibiza. Mas muito fácil mesmo. E a maioria é muito bem remunerada.

Ter cidadania europeia é requisitado. A maioria dos lugares “sérios” contrata apenas gente que tenha um NIE (número de identificação de estrangeiro), que só pode ser obtido por membros da UE.

Leia:  20 fotos incríveis dos bastidores de alguns dos filmes mais icônicos

Se você tem cidadania europeia, tirar seu NIE é uma das primeiras coisas que você tem que fazer assim que chegar na ilha.

Paguei 70 euros para um despachante que acelerou meu processo de NIE e consegui pegá-lo em 10 dias, começando a trabalhar regulamentado logo em seguida.

Se você não tiver cidadania europeia, a coisa fica mais difícil, mas não impossível.

Conheci muitas pessoas (não só brasileiros), que trabalhavam na malandragem vendendo ingressos de festas, promovendo baladas, limpando casas e fazendo drinks.

Entretanto, trabalhando sem permissão você está sujeito a multa e a ser deportado. É como disse anteriormente, tudo o que você fizer terá um preço.

A habilidade mais requisitada para trabalhar em Ibiza é saber falar inglês e espanhol. Tendo isso você já pode se tornar RP, garçom, atendente de bar, segurança e vendedor de ingressos.

Saber fazer drinks ou dançar também pode ser um diferencial. #ficadica

Apesar das ofertas de emprego surgirem ao longo de toda a temporada de verão, os melhores bares e festas fecham suas contratações no final de abril e começo de maio. Então, novamente, fique ligado no timing.

Onde procurar

onde procurar ibiza

Existem três lugares na ilha que bombam: Ibiza (a cidade), Sant Antoni e Play D’En Bossa. São os lugares de agito com maior número de turistas.

Ibiza é o destino mais refinado e mais caro. Já Sant Antoni é o oposto, mais trash e econômico. E Playa D’En Bossa fica mais ou menos no meio termo entre os dois.

Se de um lado você ganha mais, também gasta mais para viver. A maior diferença entre Sant Antoni e Ibiza é o tipo de turistas.

Sant Antoni recebe maior quantidade de britânicos sem noção enquanto Ibiza acomoda mais espanhóis e italianos, e Play D’En Bossa fica novamente no meio termo.

Praias

praias em ibiza

As praias mais bonitas da ilha não ficam nos locais de festa.

Muito pelo contrário, ficam mais isoladas.

Minhas favoritas pessoais são Cala Salada, Punta Galera (boa para os adeptos do nudismo), Benirras (onde aos domingos rola uma batucada ao pôr-do-sol) e Cala D’Hort.

Vale a pena pegar um carro ou dar um jeito para ir conhecer. São lugares incríveis!

ilha ibiza

Mas, sem dúvida nenhuma, a mais incrível de todas é Sa Pedrera Cala D’Hort, uma praia escondida, de difícil acesso, conhecida popularmente pelo nome de Atlantis.

Festas

festas em ibiza

Uma das maiores vantagens de trabalhar durante a temporada em Ibiza é poder curtir as festas com preços muito mais em conta.

A maioria das boates e baladas dá desconto para moradores da ilha e trabalhadores de verão. Além disso, não é difícil fazer contatos que simplesmente te coloquem para dentro de graça.

Se você realmente se mudar para Ibiza, não deixe de ir na Flower Power na Pachá ou no The Zoo Project perto de Sant Antoni.

***

Bom, acho que isso é mais ou menos tudo o que você precisa saber para se mudar para Ibiza.

Eu contei mais detalhes sobre minha experiência no meu livro “GiraMundo – Uma história surrealmente real”, que você pode baixar clicando aqui, inclusive sobre a viagem que fiz antes de acabar em Ibiza, quando fui de Roma a Jerusalém pegando carona.

Caso tenha qualquer dúvida, me chame no direct do Instagram @ststefano. Será um prazer te ajudar ;)