Saúde

Japão descobre nova promessa no tratamento de Alzheimer

Cientistas japoneses da Universidade de Kyoto divulgaram no dia 21 de novembro, no jornal online “Cell Reports”, a descoberta de um novo aliado no tratamento do Alzheimer: um coquetel de 3 medicamentos.

De acordo com a pesquisa, esse coquetel tem capacidade de reduzir as Beta-amiloide, proteínas que em alta produção no cérebro, são consideradas uma das principais causas da doença.

Para chegar a essa conclusão, 1.258 drogas foram testadas nos tecidos para identificar a melhor combinação, que foi: bromocriptina, usada para tratar o Mal de Parkinson; cromoglicato, usada para asma e topiramato, usada no tratamento de epilepsia.

coquetel tratamento de Alzheimer (1)

Os cientistas criaram células-tronco pluripotente induzidas (células iPS) de pacientes com Alzheimer.

As células iPS foram então cultivadas in vitro para replicar o tecido cerebral doente que produz grandes quantidades de beta-amilóide.

coquetel tratamento de Alzheimer (2)

O efeito do coquetel foi a redução de 30% de Beta-amiloide. Esse resultado promissor abre portas para mais pesquisas para o tratamento da doença.

“Os efeitos nos pacientes ainda são desconhecidos, mas [o coquetel] poderia ser usado para prevenção e tratamento”, disse Haruhisa Inoue, professor da Universidade de Kyoto e membro da pesquisa.

Torcemos para que a pesquisa evolua e possa ajudar muitas pessoas!

Não se esqueça de compartilhar essa notícia com os seus amigos!

Fontes: sonoticiaboa.com e asia.nikkei.com. Imagens: Pixabay

Leia:  Estudo sugere que dançarinos têm um "sexto sentido" aprimorado