Saúde

As 2 fotos do quarto dessa mulher mostram o quão sério pode ser a depressão

Viver com uma doença mental afeta de muitas formas diversas áreas da vida de uma pessoa, uma delas é passar a ter medo das tarefas domésticas.

Jonna Roslund é uma jovem de 26 anos da Suécia que vive com depressão.

Para Jonna — e muitas pessoas que vivem com depressão — o processo de limpeza pode ser algo muito mais complicado do que simplesmente arrumar a casa.

Jonna Roslund 1

“Eu sofro de depressão severa e tenho muita dificuldade em limpar a casa e fazer outras tarefas domésticas”, escreveu em um post no Imgur.

“Meu quarto esteve uma bagunça por vários meses, porque eu não conseguia cuidar disso”, explicou a moça. “Mas nesta sexta-feira eu decidi finalmente cuidar disso!”

Ela postou duas fotos de seu quarto — uma antes de limpar, e uma depois.

Este era o quarto de Jonna Roslund antes da limpeza:

Jonna Roslund 2

E depois que ela o limpou:

Jonna Roslund 3

“Você pode finalmente ver que eu tenho um piso!” ela escreveu. “Diga oi para o meu ursinho de pelúcia Nalle!”

“Eu sei que não parece uma grande vitória, mas para mim significa muito poder abrir minha porta se as pessoas vierem me visitar. Eu me sinto tão em paz agora… Eu 1 – Depressão 0!”!

A experiência de Jonna com a depressão e as dificuldades para realizar tarefas domésticas não é tão singular.

Sentir-se sem energia e motivação é uma característica comum das pessoas que vivem com depressão.

Tarefas diárias — desde coisas maiores como se manter produtivo no trabalho, até coisas menores como arrumar o quarto — podem parecer impossíveis de serem realizadas.

Esse sentimento de estar sem energia, Jonna conhece muito bem.

Jonna Roslund 4

“Quando você está deprimido, sair da cama já é uma grande dificuldade”, explica a jovem. “É como correr uma maratona depois de uma coma de anos.”

Leia:  Mãe explica para o filho que não pode salvá-lo e o que ele responde parte seu coração

E, por isso Jonna Rosland decidiu compartilhar sua vitória. Às vezes, pequenas vitórias podem não ser tão pequenas assim, afinal.

“Precisamos ser capazes de conversar uns com os outros sobre nossos sentimentos, mesmo os ruins”, escreve ela. “E precisamos ser melhor em ouvirmos quando alguém está tentando falar sobre a depressão, mesmo que seja difícil.”

Força Jonna, nós estamos com você!

Fonte: upworthy.com

***

Leia também:

***

Compartilhe essa publicação com seus amigos para alertá-los sobre os danos da depressão.

Por que cada vez mais pessoas estão sofrendo de depressão? Comente e compartilhe sua opinião com a gente. :)