Família julga homem pela cor de sua pele. Minutos depois, eles têm uma surpresa chocante.
Pessoas

Família julga homem pela cor de sua pele. Minutos depois, eles têm uma surpresa chocante.

Um vídeo de 2 minutos que deveria ser assistido por todos.

O racismo está presente até mesmo nas ações mais simples do cotidiano. O curta-metragem que você vê abaixo deixa isso muito claro.

Jafar foi dirigido por Nancy Spetsioti em 2011, mas publicado no YouTube só em 2013. Na data desta publicação já são mais de 14,5 milhões de visualizações.

Não é à toa. Em pouco menos de 2 minutos, você consegue perceber que todo tipo de racismo deve ser condenado.

Primeiro vemos um homem na sala de espera de um hospital

awebic-jafar-1

Fonte: youtube.com

Uma família chega e algo estranho acontece…

awebic-jafar-2

Fonte: youtube.com

…a mãe troca de lugar com a filha, e depois troca de lugar novamente.

awebic-jafar-3

Fonte: youtube.com

Enfim, todos na sala de espera são convidados a falar com o médico

awebic-jafar-4

Fonte: youtube.com

Clique no play e veja o que acontece no curta-metragem

Clique e veja no YouTube

O vídeo original (sem legendas) é considerado um sucesso no YouTube. Inclusive, quando eu estava visitando a página me chamou a atenção um comentário que dizia:

“A garotinha não era racista até seus pais a ensinarem”

Você reparou que a garota senta do lado do homem sem se incomodar? Assista de novo, você vai ver.

O racismo precisa acabar.

Se você concorda com a mensagem que é passada em “Jafar“, não hesite em compartilhar o vídeo com seus amigos. Mais pessoas precisam ver isso.

Leia mais publicações em Awebic.com.

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo