Humanidade

Uma carta que todo neto gostaria de enviar a seus avós. É de arrepiar.

O papel dos avós na família vai muito além dos mimos dados aos netos, sendo que muitas vezes eles são o suporte afetivo e financeiro de pais e filhos. Por isso, se diz que os avós são pais duas vezes.

As avós são também chamadas de “segunda mãe”, e os avôs, de “segundo pai”. Muitas vezes estão ao lado e mesmo à frente da educação de seus netos, com sua sabedoria, experiência e com certeza um sentimento maravilhoso de estar vivenciando os frutos de seu fruto, ou seja, a continuidade das gerações.

Uma pena que eles se vão tão rapidamente, muitas vezes sem terem tido a oportunidade de viver algumas experiências incríveis que a vida nos permite. Só quem já perdeu os avós sabe o peso dessa enorme perda.

Com base nesse sentimento é que André Raposo, de Portugal, compôs um lindo texto adaptando a crônica “Carta a Josefa, minha avó”, escrita por José Saramago. O texto é descrito em um lindo vídeo, que mexe com os sentimentos daqueles que conhecem o valor de seus avós e deixa um gostinho saudosista para aqueles que já os perderam.

Clique e veja no YouTube

Seria ótimo se todos pudessem abraçar seus avós após esse emocionante vídeo. Se você ainda pode, por favor, não fique esperando.

Aproveitando esse espaço, gostaríamos de agradecer a leitora Tânia Rodrigues, diretamente de Portugal, que dedicou parte de seu tempo para nos indicar essa linda mensagem.

Leia:  Esqueça o celular: entenda porque sua presença é sua melhor dádiva