in ,

Retorno à sociedade: vídeo de mendigo se espalha pela rede e ele recebe US$ 35 mil em doações

Donald Gould, um mendigo de 51 anos que vive em Sarosota, na Flórida, mal esperava a transformação que um vídeo de menos de 3 minutos causaria em sua vida.

Viúvo, sem emprego e sem a custódia do próprio filho, Donald aproveitava o talento musical que desenvolveu na universidade para ganhar algum dinheiro nas ruas tocando um dos cinco pianos espalhados pela cidade.

Mendigo_4

Acontece que, em algum dia do mês de junho deste ano (2015), Donald foi filmado por um de seus ‘fãs’ e em instantes após a publicação do vídeo no YouTube e no Facebook, ele já atingia mais de um milhão de visualizações.

Veja o vídeo você mesmo:

Uma nova oportunidade

Com a viralização do vídeo, Donald teve seu talento reconhecido por muitas pessoas e vive uma fase de renovação em sua vida diante da oportunidade de dar a volta por cima. Isso porque, antes de viver nas ruas, além de frequentar a faculdade (onde estudou música), Donald também já havia servido à marinha, mas viu sua realidade destruída por um dos acasos da vida: a morte de sua esposa.

Mendigo_2

Com esse infeliz acontecimento, em 1998, Donald foi ao abismo do alcoolismo e da dependência às drogas,o que o fez perder a custódia do seu único filho (hoje com 18 anos completos).

No entanto, surpreendentemente, ele viu sua vida mudar a rota.

Mendigo_3

Observe a simplicidade com que ele agradece ao carinho da moça que fala sobre sua popularidade e elogia seu talento:

Hoje, após a imensa quantidade de visualizações do vídeo (mais de 11 milhões de acessos) em que aparece interpretando a música “Come Sail Away” em um street-piano (“piano de rua”), Donald tem recebido diversas mensagens de apoio, ganhou uma moradia temporária, tem uma conta bancária aberta em seu nome que já recebeu US$ 35 mil, foi convidado pela Spring Arbor University a retomar os estudos e até apareceu na TV.

Donald em matéria do noticiário Fox 13 News


Recomendamos para você:

Letícia Flores

Written by Letícia Flores

Letícia, do latim "alegria". Redatora, professora e inventadora. Escreve e dá aulas de italiano por paixão; produz conteúdo por profissão. Que sorte a desta menina, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Super-heróis limpam as janelas de hospital infantil para alegrar o dia de crianças internadas

Dona pediu para não acariciar o cãozinho e não obedeceram. O que acontece depois é de cair o queixo!