in

Cientistas compartilham suas práticas favoritas de felicidade

Como podemos criar um mundo mais feliz?

Essa pergunta está na cabeça de muitas pessoas hoje, sugerindo que devemos abordar o crescimento econômico de uma forma que promova o bem-estar para todos.

Sistemas sociais e instituições têm um papel a desempenhar na nossa felicidade, e isso é evidente no Relatório Mundial de Felicidade deste ano.

Os pesquisadores classificaram os países pelos seus níveis médios de felicidade e descobriram, por exemplo, que o PIB, a expectativa de vida, a liberdade e a corrupção fazem a diferença.

No ranking, Finlândia, Noruega e Dinamarca ficaram no topo. Os Estados Unidos caíram quatro posições, para o número 18.

Esse é o panorama geral. Mas a felicidade também é uma busca muito individual – e há atitudes e hábitos que podemos cultivar na vida diária que aumentarão nosso bem-estar pessoal.

Para termos alguma inspiração, decidimos perguntar aos especialistas – os pesquisadores que estão realmente estudando o bem-estar – sobre suas práticas favoritas de felicidade.

Práticas felizes preferidas dos cientistas

Muitas de suas indicações se alinham ao tema do Dia Internacional da Felicidade deste ano, em torno de relacionamentos, gentileza e ajuda mútua.

Jane Dutton, professora de administração de empresas e psicologia na Universidade de Michigan: Minha prática favorita de felicidade baseada em pesquisa é estar alerta para conexões de alta qualidade (HQCs) que eu tenho com outras pessoas durante o dia.

Sei que é uma conexão de alta qualidade quando sinto vitalidade na interação, mesmo que seja um estranho. Minha prática é notar, saborear, elaborar e lembrar esses HQCs, que são como vitaminas que me fortalecem por dentro.


Recomendamos para você:

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 coisas para fazer fora do trabalho que duplicarão sua produtividade

Descubra as pessoas mais falsas e as mais verdadeiras com base nos signos