Mente

23 pequenos sinais de que você é uma pessoa altamente sensitiva

Ser uma pessoa altamente sensitiva (highly sensitive person – HSP) é uma coisa perfeitamente normal – 20% da população tem essa característica.

No entanto, porque alta sensibilidade não é extremamente comum, ela frequentemente não é compreendida.

Algumas pessoas tem comparado esse traço ao autismo, mas de acordo com a Dra. Elaine Aron, pesquisas no cérebro mostraram que esses dois traços são bastante diferentes.

Do mesmo modo, muitas pessoas confundem alta sensitividade com introversão, porque HSPs e introvertidos têm necessidades parecidas.

De fato, muitos introvertidos são também HSPs, mas você pode ser uma pessoa extrovertida altamente sensível também.

Você é uma pessoa altamente sensitiva? Esses 23 pequenos sinais reunidos podem mostrar que você é.

Tenha em mente que pessoas altamente sensíveis são indivíduos, então nem todo sinal irá se aplicar a todo HSP. Contudo, acredito que esta lista é, em geral, verdadeira.

Pessoas altamente sensitivas

Confira:

1. Você se assusta com facilidade. Quando pessoas se aproximam de repente, você pula tão alto quanto um gato aterrorizado.

Apenas ver um colega de quarto ou qualquer outra pessoa se aproximar quando não está esperando pode fazer você explodir.

2. Você precisa passar muito do seu tempo sozinho, mesmo se você for extrovertido. A solidão acalma os seus sensos hiperativos.

Depois de um dia cheio, você pode se retirar para uma sala escura ou algum outro lugar onde você tenha privacidade.

3. Quando você lê ou ouve sobre coisas violentas, você tem uma reação negativa muito forte.

Ao ler um artigo sobre abuso de animais ou um crime particularmente brutal, você fica com o estômago revirado e tem que se afastar daquilo o mais rápido possível.

Você provavelmente vai lutar contra as imagens grotescas para tirá-las de sua mente por dias ou semanas depois.

4. Igualmente, quando você experimenta a beleza, você tem uma reação positiva muito forte.

Ao olhar para arte, estar na natureza, ou apenas notar o jeito como os raios solares batem em um objeto realmente comove você.

Você pode encontrar a si mesmo arrebatado pela felicidade, incapaz de colocar em palavras o quanto alguma coisa o afetou.

5. Você é muito sensível aos sons. Certos tons realmente te irritam e sons muito altos incomodam os seus nervos.

Do mesmo modo, sua música favorita pode enviar você a um transe tipo zen ou transformar completamente o seu humor para melhor.

6. Cheiros fortes também incomodam você.

Por exemplo, você não come certas comidas por causa do cheiro (no meu caso é comida do mar). Ou você tem que deixar uma sala se o perfume de alguém é avassalador.

7. Quando você era criança, era muito exigente com as suas roupas, baseando suas escolhas em como as coisas o faziam se sentir.

Por exemplo, você não vestia roupas feitas de tecido que pinicam, como lã, pijamas que cobriam até os seus pés, leggings, ou calças que apertavam a sua cintura.

Seus pais devem ter cortado as etiquetas das suas roupas porque arranhavam e você ainda deve fazer essas coisas hoje em dia como um adulto.

8. Você é sensível a prazos e pressão de tempo.

Você se sente extremamente confuso quando tem muita coisa para fazer e pouco tempo suficiente para concluí-las. Você odeia fazer coisas com pressa, sem tempo para processar os seus pensamentos.

9. Quando você era criança, seus pais ou professores falavam que você era tímido ou quieto.

De fato, você deve ter sido reservado, mas esses rótulos escondiam o que realmente acontecia com você — por causa da sua alta sensibilidade, você se sentia frequentemente sobrecarregado em situações sociais, o que fazia você se calar ou se retirar.

10. Você se sente sobrecarregado em lugares cheios, como bares, clubes, concertos, festas e festivais. Mesmo salas de aula e escritórios, onde normalmente há muita coisa acontecendo, pode ser demais.

Leia:  Pare de fazer estas 8 coisas para o seu filho se quiser criar um adulto

Você não deve perceber de imediato que está sendo drenado. Então sua energia é lentamente evapora e então você de repente tem um colapso.

11. Você tem um rico mundo interior. Você tem sonhos vívidos (e pesadelos). Há sempre muita coisa na sua mente.

12. Você está sempre procurando por significado, seja através de seus relacionamentos, crenças religiosas ou visão de mundo.

Você não está contente em viver uma vida superficial. Mas tem um forte desejo de viver com propósito e sentir parte de algo maior.

Por esta razão, outros podem vê-lo como alguém espirituoso ou sábio.

Pessoas altamente sensitivas

13. Você nota coisas que outros não percebem.

Você consegue perceber quando a voz de seu amigo soa ligeiramente rasa mesmo quando ele diz que está bem. Ou você é o primeiro a notar que uma loja que costuma ir com um amigo colocou uma nova placa.

14. Você se sente mais “poroso” do qualquer outra pessoa. O que significa que você absorve mais do seu ambiente do que qualquer outra pessoa é capaz.

A energia da sala, o humor das outras pessoas e o tempo parece afetar você mais do que aos outros.

15. Você chora facilmente. Você chora por alegria, tristeza ou estresse.

16. Você busca significado nas suas relações. Muitas pessoas altamente sensíveis não têm namoro casual, de uma noite apenas, ou saídas rápidas.

Eles se tornam profundamente ligadas às pessoas que deixam entrar em suas vidas. E seria muito doloroso começar um relacionamento já sabendo que tem uma data para acabar.

17. Você pensa frequentemente sobre o significado mais profundo da vida.

Por que os seres humanos estão nesse planeta? Como a vida começou? O que tudo isso significa?

Pessoas altamente sensitivas

18. Momentos de transição são difíceis para você.

Mesmo mudanças positivas — como começar um novo emprego, se udar para um lugar melhor, ou começar um novo relacionamento excitante — pode pressionar você.

O que torna necessário ter mais tempo do que outras pessoas para se ajustar a novas coisas.

19. Do mesmo modo, quando alguma coisa acaba, (como um relacionamento, trabalho, ou um capítulo da sua vida), você tem dificuldade para deixar ir.

Você pensa profundamente sobre a sua importância e não “segue em frente” tão rápido quanto outros conseguem.

20. Quando você está com fome, tem dificuldade para se concentrar e seu humor desaba.

Você parece ficar especialmente sensível quando os níveis de açúcar no sangue caem. Igualmente, cafeína tem um efeito forte e você.

21. Se alguém está assistindo você a fazer alguma coisa, provavelmente ficará tão nervoso e instável que acabará dando o seu pior, diferente se estivesse fazendo a tarefa sozinho.

Por exemplo, quando o seu chefe observa você para avaliar o seu desempenho, você perceberá a atenção pressionada, o que faz com que erre, ao contrário do que normalmente faria.

22. Você leva um grande desconforto para arranjar a sua vida de um jeito que o mantenha longe da pressão.

Por exemplo, você não planeja atividades sociais para o final de semana ou evita ir ao mercado quando sabe que lá terá muitas pessoas.

23. Você parece precisar dormir mais que os outros.

Se você não consegue uma boa noite de sono, parece impossível funcionar no dia seguinte. Do mesmo modo, dormir é uma das melhores coisas que acalmam seus sentidos esgotados.

Com quantas dessas características de uma pessoa altamente sensitiva você se identificou? Comente!

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Introvert Dear escrito por Jenn Granneman.

Imagens: pixabay.com e pexels.com

Compartilhe este conteúdo com os seus amigos!