Mente

Se você deixa seu iPad com seus filhos no almoço, este texto é para você

Ao casal sentado ao meu lado naquele restaurante semana passada:

Eu quase parei para falar com vocês quando saía do restaurante, mas não consegui descobrir como dizer o que queria sem dar um sermão, e eu não queria fazer isso na frente dos seus filhos lindos.

Eles tinham mais ou menos 5 e 7 anos, talvez? Enfim, não pude deixar de reparar em vocês desde o momento em que se sentaram na mesa à minha esquerda.

Ou melhor, desde o instante em que você deu um iPad para cada um.

Você e seu parceiro conversaram um com o outro o tempo todo, apenas interrompendo seus filhos de vez em quando, para lembrá-los de usar o guardanapo.

As crianças ficaram passando o dedo na tela sem parar, pedindo suas refeições sem olhar para o garçom. Quando a comida deles chegou, eles simplesmente pegavam o frango e as batatas atrás dos seus aparelhos.

Ei, eu já estive no seu lugar. Encontrar tempo para os adultos é complicado, babás são caras e com certeza às vezes não temos vontade de cozinhar. Eu entendo.

Mas meus filhos têm 24, 20 e 10 anos, o que significa que eu criei dois antes da era digital e estou criando o terceiro em meio à ela.

Por que não deixar suas crianças com iPads durante as refeições

Portanto, estou reivindicando o terreno moral mais elevado ao lidar com crianças tanto antes quanto durante o canto da sereia do iPad.

Um jantar livre de aparelhos eletrônicos exigirá mais esforço da parte de vocês. Vocês terão mais trabalho para ficar de olho no comportamento das crianças e no comprometimento com elas.

E a refeição não dará a vocês, como casal, um momento para colocar a conversa em dia desfrutando de uma taça de vinho. Mesmo assim eu imploro que vocês façam um esforço. Na realidade, que se esforcem a vida toda.

Na verdade, eu darei a vocês cinco motivos concretos para deixar os dispositivos em casa:

Seus filhos querem a sua atenção.

Imagine seu filho em um parquinho. Quantas vezes ele grita: “Mãe, olha para mim”? Ou ela berra: “Pai, olha isso”? Vocês são a lua e as estrelas deles.

É claro que eles aceitarão a distração de um iPad. Mas vocês são mais importantes para eles do que ganhar aquele jogo.

Leia:  Especialistas dizem que você pode acalmar bebês agitados fazendo ISSO com os pés deles

Vocês perderão a atenção deles.

Em alguns poucos anos, eles irão tirar a atenção de vocês e irão voltá-la para os amigos. Eles ficarão temperamentais, grosseiros e farão vocês pensarem se realmente já se tiveram uma noite divertida juntos no restaurante. Felizmente, vocês tiveram.

Na verdade, faça quantos depósitos conseguir no Banco da Boa Vontade. Talvez eles não impeçam que você acabe emocionalmente esgotada, mas eles ajudarão.

Você está fracassando no ensino da arte da conversação.

Conversas com crianças não são necessariamente interessantes e algumas vezes sua “conversa” será mais uma rodada do jogo “Eu espiono” ou “20 perguntas”.

Mas a questão é cultivar o “dar e receber”, ensinar a ouvir e a compartilhar. Se vocês mantiverem isso, as conversas interessantes vão aparecer.

Por que não deixar suas crianças com iPads durante as refeições

Vocês estão dando exemplos terríveis.

Aqui é a parte onde a letra da música “Cat’s in the Cradle”, do Harry Chapin, deve começar a passar pela sua cabeça. Se vocês encorajam seus filhos a se “desligarem” de vocês agora, não esperem que eles mudem isso na adolescência ou mesmo na fase adulta.

Pior ainda, vocês estão dando o exemplo.

É difícil se enxergarem como avós, certo? Mais difícil ainda é imaginar vocês levando a próxima geração para tomar sorvete e vê-los colocar os fones de ouvido.

É irritante para os clientes.

Ei, é a minha noite fora, também. Eu não quero que a barulheira eletrônica dos seus filhos seja a minha trilha sonora.

Bem, parece que eu não consegui dizer essas coisas para vocês sem dar um sermão. Mas deem uma chance para o jantar sem aparelhos, tudo bem?

Pode demorar um pouco para se acostumarem, mas eu aposto que tanto vocês quanto seus filhos ficarão muito felizes com a mudança. O período de ser pai é longo, mas, no final das contas, os anos são curtos.

Posso ganhar um amém?

Você deixa seus filhos ficarem o tempo todo em seu smartphone? Você acredita que isso por atrapalhar no desenvolvimento deles? Comente!

Esse é uma tradução do Awebic de artigo originalmente publicado em Mom.me, escrito por Amy Freeman.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Compartilhe com seus amigos que têm filhos!