Mente

Veja quais habilidades lhe farão mais bem-sucedido com o passar do tempo

Habilidade é a força unificada da experiência, intelecto e paixão em sua operação.

John Ruskin não poderia ter definido a habilidade de maneira melhor.

Quando você se esforça para melhorar consistentemente suas habilidades, você desfruta de mais sucesso na vida e no trabalho.

Não desista da aprendizagem ao longo da vida. Nunca.

Pesquisas mostram que ela te recompensa além das habilidades que você adquire.

Mais do que nunca, um cérebro estimulado e desafiado pode muito bem ser a chave para uma vida mais vibrante.

“Cada habilidade que você adquire dobra suas chances de sucesso”, diz Scott Adams.

Comece a usar o tempo se preparando para o futuro, mesmo quando há coisas mais importantes para fazer no presente e até mesmo quando não há um retorno imediato aos seus esforços.

Comece a plantar sementes todos os dias que produzam a melhor e mais completa vida agora e no futuro.

Essas habilidades valiosas podem melhorar radicalmente sua vida.

Elas podem não parecer muito importantes à primeira vista, mas você ficará surpreso com o quanto elas podem afetar sua vida e carreira agora e pelo resto de sua vida produtiva.

Seja guerreiro

Habilidades de sucesso

A garra implica trabalhar arduamente em direção a desafios, mantendo o esforço e interesse, apesar do fracasso, adversidade, tédio e demora.

Daniel Coyle, autor de O Segredo do Talento, explica: “GARRA é aquela mistura de paixão, perseverança e autodisciplina que nos mantém avançando apesar dos obstáculos”.

A única pessoa que realmente pode empurrá-lo um pouco mais longe na vida é você mesmo.

Garra é tanto uma característica quanto uma habilidade.

A boa notícia é que você pode cultivar ou, melhor ainda, aumentar sua garra para lutar pelo que significa muito para você.

É uma habilidade que pode ser aprendida e praticada ao longo do tempo.

Segundo a psicóloga Angela Duckworth, autora de Garra: O Poder da Paixão e da Perseverança, a qualidade pessoal que ela chama de “garra” é mais importante do que o talento ou a inteligência para prever o sucesso.

A garra está associada à perseverança, resiliência, ambição e necessidade de realização.

Envolve a manutenção de um esforço focado no objetivo por longos períodos de tempo.

Você pode desenvolver sua capacidade para a garra.

Sua resposta a uma situação desafiadora é mais importante do que o obstáculo que você enfrenta.

Ryan Holiday diz que “o obstáculo é o caminho”. E você precisa de garra para superar o obstáculo toda vez que enfrentar um desafio.

A capacidade de manter e perseguir uma meta durante um longo período é um indicador importante de se conseguir algo que valha a pena na vida.

A garra é um melhor indicador de sucesso do que o talento. Não importa o quão talentoso você pensa que é, se você não trabalhar duro, não será nada.

A necessidade de adaptabilidade nunca foi tão grande quanto é agora

Habilidades de sucesso

O mundo do trabalho está mudando a um ritmo cada vez maior.

Em Adaptability: “The Art of Winning in an Age of Uncertainty” Max McKeown argumenta que “todo fracasso é a incapacidade de se adaptar, todo sucesso é uma adaptação bem-sucedida”.

Vivemos em um mundo em constante mudança, que é improvável que desacelere.

Então, o que importava ontem (por exemplo, habilidade, conhecimento, círculo social, etc.), talvez não valha um centavo amanhã.

A capacidade de mudar (ou de ser mudado) para se adequar a novas circunstâncias – é uma habilidade crucial para dominar.

Leon C. Megginson observou certa vez: “Não são os mais fortes ou os mais inteligentes que sobreviverão, mas aqueles que conseguirem administrar melhor a mudança”.

A mudança costumava ser lenta e incremental: agora é rápida, radical e imprevisível.

Charles Darwin disse: “Não é a mais forte das espécies que sobrevive, nem a mais inteligente que sobrevive. É aquela mais adaptável à mudança”.

A adaptabilidade nos permite enfatizar novas circunstâncias e a manter o controle da situação.

Claro, essa habilidade é melhor quando combinada com discernimento, nos dando uma nova perspectiva antes da mudança em si.

O crescimento depende de quão adaptável você é.

Para se manter relevante, a maioria das empresas precisará de pessoas que possam mudar com o tempo.

Domine o fracasso para ter mais sucesso

Habilidades de sucesso

Soa estranho, não é?

Todos estão sempre procurando uma nova maneira de obter sucesso, o caminho mais rápido para o sucesso, os melhores métodos de estudo: “Como eu fico melhor em [x] sem fazer [y]?”

O primeiro passo é fracassar e não focar nos resultados, mas aprender com o processo.

Nada é perfeito; nada nunca será perfeito.

Tudo é um processo de aprendizado. Aqueles que dominam o fracasso têm mais sucesso.

Leia:  Como se concentrar e maximizar sua produtividade (um guia definitivo)

“O algoritmo evolucionário – de variação e seleção, repetido – procura soluções em um mundo onde os problemas continuam mudando, experimentando todo tipo de variantes e fazendo mais do que funciona”, diz Tim Harford em Adapte-se: Por que todo sucesso começa com um fracasso.

Cada fracasso te leva um passo mais perto do sucesso, desde que você aprenda. É apenas um fracasso quando não conseguimos nos erguer novamente depois de uma queda.

Os empreendedores sabem que suas chances de fracassar são maiores do que as de sucesso, mas ainda assim tentam arriscar seu tempo e dinheiro.

Se você fracassar, fracasse rapidamente e, mais importante, aprenda rapidamente.

Como aprender, desaprender e reaprender

Habilidades de sucesso

Agilidade de aprendizagem é o nome do jogo.

Os analfabetos do século 21 não são aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não podem aprender, desaprender e reaprender”, diz Alvin Toffler.

Desaprender é o novo aprendizado.

Sua capacidade de fazer alterações de forma proativa em sua carreira é o que fará uma diferença crucial para onde você se encontra daqui a apenas cinco anos.

Para ter sucesso hoje, você deve estar em constante estado de adaptação – continuamente desaprendendo antigas “regras” e reaprendendo novas.

Isso requer continuamente questionar suposições sobre como as coisas funcionam, desafiar antigos paradigmas e “reaprender” o que agora é relevante em seu trabalho, sua indústria, sua carreira e sua vida.

As pessoas que encontram oportunidades em um ambiente em mudança são aquelas que estão ativamente procurando por elas.

Sua verdadeira educação começa com sua carreira, que exige que você aprenda continuamente, independentemente da frequência com que você precisa desaprender e reaprender.

Como conceituar, aplicar, analisar, sintetizar informações de forma ativa e habilidosa

A capacidade de ativa e habilmente conceituar, aplicar, analisar, sintetizar e/ou avaliar as informações coletadas ou geradas pela observação, experiência, reflexão, raciocínio ou comunicação é de imensa importância para o trabalho.

Francis Bacon disse uma vez: “O pensamento crítico é um desejo de procurar, paciência para duvidar, carinho para meditar, lentidão para afirmar, prontidão para considerar, cuidado para dispor e colocar em ordem; e ódio por todo tipo de impostura”.

A tomada de decisão e a resolução de problemas exigem a coleta de informações confiáveis, a avaliação das informações para uma variedade de soluções e a seleção da opção mais apropriada com base nos critérios e na situação.

As pessoas que conseguem olhar para os problemas de um ângulo diferente acabam resolvendo-os de maneiras completamente inesperadas, muitas vezes elegantes.

Ao mesmo tempo, elas expõem o quanto a maioria tinha visto o problema de maneira estreita, ou se até mesmo era um problema.

Os pensadores criativos são inovadores e inventivos e são mais propensos a criar novas maneiras de fazer coisas que agreguem valor ao ambiente de trabalho, tornando os sistemas e procedimentos mais eficientes.

A capacidade de lidar com você mesmo, lidar com os outros e lidar com o que está acontecendo ao seu redor

Habilidades de sucesso

Em um sentido muito prático, temos duas mentes, uma que pensa e outra que se sente.

As pessoas altamente emocionalmente inteligentes (EI) têm uma alta classificação em capacidade de resposta, empatia, escuta e autoconsciência.

E eles se destacam na interação interpessoal.

A razão pela qual a inteligência emocional é tão amplamente valorizada é bem simples. Ela desempenha um papel em tudo.

Em Emotional Intelligence: Why It Can Matter More Than IQ, o autor Daniel Goleman escreve:

Pessoas com habilidades emocionais bem desenvolvidas também têm maior probabilidade de serem contentes e eficazes em suas vidas, dominando os hábitos mentais que estimulam sua própria produtividade; as pessoas que não conseguem dominar algum controle sobre sua vida emocional lutam contra batalhas internas que sabotam sua capacidade de trabalho focado e de pensamento claro”.

As habilidades das pessoas são tão importantes agora e continuarão em alta demanda no futuro.

A inteligência emocional nos permite criar relacionamentos com outras pessoas, fornece discernimento sobre os motivos das pessoas e nos permite prever respostas.

Qualquer disciplina que se beneficie da inteligência emocional que somente humanos podem fornecer, estará em alta demanda.

Se você não se dá bem com pessoas, não é tarde demais. Você ainda pode aprender como se relacionar melhor com os outros.

Você precisará de habilidades interpessoais para prosperar no futuro.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Medium escrito por Thomas Oppong.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Compartilhe este texto com seus amigos!