Mente

Ser feliz não significa ter uma vida perfeita. Entenda a diferença!

“Ser feliz não significa que tudo está perfeito. Significa que você decidiu olhar além das imperfeições.” (Autor desconhecido)

Todos estamos em uma missão de fazer o melhor que podemos. Ser feliz, ter um lar perfeito, família, companheiro e um emprego.

Completar nossa lista de tarefas, nossa lista de desejos, deixar nossos parceiros orgulhosos, ser promovido, ganhar mais dinheiro e sem bem-sucedido.

Ufa, quanta coisa!

felicidade

A vida pode parecer, às vezes, como uma eterna esteira, indo depressa na direção errada.

Conforme corremos mais rápido para tentar progredir por esse caminho, a linha de chegada parece ainda mais longe.

Estamos nos preparando para falhar na busca da vida perfeita? E isso tudo vai resultar em nosso objetivo principal: felicidade?

A verdade é que nossa busca por sucesso e felicidade é, na verdade, a razão principal pela qual estamos infelizes.

Criamos expectativas tão altas em nosso próprio progresso no trabalho e em nos tornarmos bem-sucedidos, além de lidarmos com essa mesma pressão de sermos perfeitos em casa.

felicidade

Sentimos que temos que nos conformar com os ideais impostos pela mídia que vemos todos os dias no que se refere à nossa saúde, aparência ou peso.

Como se não bastasse, olhamos ao nosso redor e sentimos que todos sabem o que estão fazendo, enquanto estamos apenas perdendo tempo.

Geralmente não percebemos que o que vemos nos outros e na mídia não é o melhor da vida. Não é um cenário completo, é irreal esperar que alcancemos isso.

Estamos fadados a falhar.

felicidade

Passamos anos fazendo tudo isso que foi descrito, subindo a escada corporativa, tentando agradar as pessoas, o que nos faz infelizes e frustrados.

A vida perfeita sempre pareceu fora de alcance, mas nossas vidas devem parecer perfeitas para quem nos vê de fora.

Pensamos que deve haver outra maneira, então decidimos desistir de tudo e iniciar uma jornada de reconstrução de vida ao redor de nossas paixões, restaurando nossa felicidade.

felicidade

Aprendemos muito sobre nós mesmo e aprendemos com os outros como alguns se tornam felizes e como é possível viver uma vida imperfeita de maneira autêntica.

Percebemos que:

– As coisas não saem de acordo com o planejado;
– Nossa lista de tarefas nunca terminará;
– Fazemos o melhor que podemos com o que temos, e isso é o mais perfeito que pode ser;
– NINGUÉM tem uma vida perfeita, apesar do que vemos no Facebook e Instagram;
– Felicidade não é um lugar em que você chega no futuro quando resolver todos os seus problemas e alcançar a perfeição;
– Nossa busca por perfeição nos impede de sermos felizes.

Planejamos nosso final de semana e nos aborrecemos quando chove e nossos planos são destruídos.

felicidade

Isso nos impossibilita de aproveitar o fato de ser final de semana e que podemos estar na companhia das pessoas que amamos, fazendo o que gostamos, mesmo que chova.

Queremos que nossa lista de afazeres termine, e claro que isso não acontece. Quanto mais rapidamente riscamos as coisas de nossa lista, mais coisas para fazer aparecem.

Leia:  Como mudar sua vida para melhor em apenas um mês

Nunca temos a quantidade certa de dinheiro economizado, então trabalhamos cada vez mais para chegarmos lá, naquele lugar perfeito que é o futuro.

felicidade

Lugar este que não existe porque sempre queremos mais.

Procuramos pelo companheiro perfeito, mesmo quando nós mesmos não somos perfeitos.

Esperamos por resultados que gostaríamos, mas a vida não é assim. É cheia de altos e baixos. Mesmo as pessoas mais felizes enfrentam tempestades.

Procuramos pelo emprego perfeito, um que vamos amar todos os dias. Mesmo assim, todo emprego tem seus altos e baixos.

felicidade

Mesmo os ricos e famosos, que jogam esportes ou tocam música para viver reclamam das viagens, da agenda, da mídia, da pressão da fama.

Todo lado positivo tem um lado negativo e o oposto também é verdadeiro, porque a perfeição verdadeira é sempre imperfeita.

Nosso desejo de alcançar a perfeição que faz com que façamos escolhas erradas.

Nos deparamos com uma bifurcação na estrada e queremos seguir pela direção certa, mas como saberemos, se não dá para ver o final da estrada no começo?

felicidade

Há pessoas que se arrependem de não ter tido coragem de largar seus empregos em grandes empresas quando tiveram ofertas de mais dinheiro.

Em vez disso, ficaram presas mais um tempo em um emprego que não gostavam e adiaram seus sonhos.

Levam um tempo para perceberem que não há escolhas erradas; toda escolha tem suas consequências e não existe resultado perfeito.

Quando perseguimos uma expectativa irreal para nossas vidas e esperamos que a felicidade nos acompanhe, estamos deixando passar algo importante.

A felicidade está disponível todo tempo durante os momentos imperfeitos espalhados em nossas rotinas.

felicidade

Em uma festa recente, que era para ser um churrasco, mas o tempo não colaborou, essa pessoa teve que mudar todos os seus planos.

Sua roupa rasgou pouco antes dos convidados chegarem e as receitas planejadas pareciam mais difíceis do que ela imaginava. Além disso tudo, ao levantar, percebeu que estava ficando gripada.

Enquanto sentou com um copo de vinho e rindo dos pratos que conseguiu preparar, essa pessoa percebeu que embora a noites estava longe da perfeição que havia pensado, tudo estava lindo.

Ela estava cercada por amigos, todos estavam felizes, e foi perfeitamente imperfeito.

felicidade

É muito fácil, na sociedade de hoje, ficar preso no ciclo de sempre querer mais. Conquistamos nosso carro, casa, parceiro, que pensamos que eram perfeitos, tudo o que queríamos.

Até que o fator novidade acabou e ficou claro que não eram perfeitos. Aí começamos a procurar pela perfeição novamente.

Quando riscamos o que queríamos da lista, quando conquistamos nossos objetivos no trabalho e todas as outras coisas que a carreira nos proporciona, podemos, ainda assim, nos sentir vazios.

Percebemos que essa não é a receita para o sucesso. Mesmo tendo tudo, não notamos o mais importante.

Se pudermos nos focar nas coisas boas dos momentos imperfeitos, nos sentiremos muito mais realizados.

Felicidade é amar o que temos em vez de perseguir coisas que pensamos querer. Se você concorda, compartilhe!

Fonte: tinybuddha.com