Mente

10 dicas sobre propósito de vida para te ajudar a encontrar sua paixão

Se você quiser ser satisfeito, feliz, contente e experimentar a paz interior e a realização definitiva, é fundamental que aprenda a encontrar sua paixão e propósito de vida.

Sem um propósito de vida como bússola para guiá-lo, seus objetivos e planos de ação podem não te satisfazer.

Aqui estão 10 dicas para ajudá-lo a descobrir seu propósito de vida.

Confira:

Como descobrir seu propósito de vida

Dicas para encontrar seu propósito de vida e paixão

Depois de trabalhar com mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, passei a acreditar que cada um de nós nasce com um propósito de vida único.

Identificar, reconhecer e honrar esse propósito é, talvez, a ação mais importante que as pessoas de sucesso tomam. Elas dedicam tempo para entender o que estão aqui para fazer – e então buscam aquilo com paixão e entusiasmo.

Para alguns de nós, nosso propósito e paixão na vida é óbvio e claro. Nascemos com um conjunto de talentos e, através da prática persistente, desenvolvemos nossos talentos em habilidades.

Meus filhos são exemplos excelentes de propósito claro. Ficou claro, desde o momento em que eles chegaram ao planeta, em que estavam interessados.

Um filho queria desenhar o tempo todo e agora ele está no mundo da arte. Outro filho estava sempre tocando ritmos em latas de tinta e pratos, e agora ele está no mundo da música, junto com um de seus irmãos.

Minha filha está no mundo literário e meu enteado definitivamente está no mundo dos negócios.

Minha enteada também está nas artes – ela começou a cantar e desenhar quando tinha dois anos. E meu enteado está no mundo dos negócios. Ele estava fazendo planos de negócios e vendendo coisas para seus amigos enquanto ainda estava no ensino médio.

Todos eles tinham talentos naturais, que eram indicadores claros do que acabaram se apaixonando.

Para algumas pessoas, no entanto, não é tão fácil identificar uma paixão.

Você pode até ter se perguntado, em um ponto ou outro: “O que devo fazer da minha vida?”, “Qual é a minha paixão?” ou “Qual é o propósito da minha vida?”

Alternativamente, você pode gostar do que faz, mas em uma exploração mais profunda, descobrir que é apaixonado por algo completamente diferente do que faz.

Abaixo, gostaria de lhe dar 10 dicas para ajudá-lo a encontrar sua paixão de vida e seu verdadeiro propósito.

Dicas para encontrar seu propósito de vida e paixão

1. Explore as coisas que gosta de fazer e o que é mais fácil para você

Todos nascemos com um propósito profundo e significativo que temos que descobrir. Seu propósito não é algo que você precise fazer; já está lá. Você tem que descobri-lo para criar a vida que quer.

Você pode se perguntar: “Qual é o meu propósito na vida?” Você pode começar a descobrir sua paixão ou seu propósito explorando duas coisas:

O que você ama fazer?

O que vem facilmente para você?

É claro que é preciso trabalhar para desenvolver seus talentos – até mesmo o mais talentoso músico ainda precisa praticar – mas deve parecer natural, como remar a favor da corrente em vez de contra.

Eu adoro ensinar, escrever, facilitar, treinar e desenvolver seminários, workshops e cursos de transformação. Adoro reunir outros líderes para conferências e co-criar novas abordagens para o nosso trabalho.

Essas coisas são fáceis para mim. Embora eu tenha investido muitos anos aprendendo a dominar essas habilidades, adorei cada minuto disso.

Em outras palavras, o trabalho é necessário, mas o sofrimento não é. Se você está lutando e sofrendo, provavelmente não está vivendo do propósito.

2. Pergunte a si mesmo quais qualidades você mais gosta de expressar no mundo

Primeiro, pergunte a si mesmo: quais são as duas qualidades que mais gosto de expressar no mundo? As minhas são amor e alegria.

Em segundo lugar, pergunte-se: quais são as duas maneiras pelas quais eu mais gosto de expressar essas qualidades? As minhas são inspirando e fortalecendo pessoas.

Eu inspiro as pessoas com as histórias emocionantes que conto nos meus seminários e nas quais escrevo nos meus livros, e os capacito ensinando estratégias de sucesso poderosas que podem aplicar em suas próprias vidas.

3. Crie uma declaração de propósito de vida

Tire alguns minutos e escreva uma descrição de como o mundo seria se estivesse funcionando perfeitamente de acordo com você.

No meu mundo perfeito, todo mundo está vivendo a sua maior visão, onde eles estão fazendo, sendo e tendo tudo o que querem.

Finalmente, combine todos os três em uma declaração, e você terá uma ideia clara do seu propósito.

A minha é “Inspirar e capacitar as pessoas a viverem sua mais alta visão em um contexto de amor e alegria”.

4. Siga sua orientação interior (o que seu coração está lhe dizendo?)

E se eu dissesse que você tem seu próprio sistema de orientação dentro de você, que pode ajudá-lo a ir de onde está na vida para onde quer ir?

É chamado seu GPS interno. Seu GPS interno é semelhante ao sistema de GPS que você usa no seu carro ou no seu telefone. Ele diz como ir do ponto A ao ponto B.

Quando você entra no seu carro e está indo para um destino específico, qual é a primeira coisa que insere no seu GPS? Primeiro, encontra sua localização atual.

Uma vez determinado onde está, ele te dá instruções para onde está indo.

Para o sistema funcionar, basta saber sua localização inicial e seu destino final.

O sistema de navegação descobre o resto pelo uso de um computador de bordo, que recebe sinais de múltiplos satélites e calcula sua posição exata. Então traça um curso perfeito para você.

Tudo que você tem que fazer a partir desse ponto é seguir as instruções que o GPS dá para chegar ao seu destino.

Decida para onde quer ir

Tudo o que precisa fazer é decidir para onde quer ir, esclarecendo sua visão, depois fixar seu destino através da definição de metas, afirmações e visualização, e depois começar a tomar as ações que o levarão na direção certa.

Com cada imagem que visualiza, você está “inserindo” o destino que deseja alcançar.

Toda vez que você expressa uma preferência por algo, está expressando uma intenção.

Uma mesa perto da janela, assentos na primeira fila em uma conferência, ingressos de primeira classe, um quarto com vista para o mar ou um relacionamento amoroso.

Todas essas imagens e pensamentos estão enviando pedidos para o universo.

Se você ficar fora do caminho – o que significa que você não interrompe o processo com um fluxo de pensamentos negativos, dúvidas e medos, seu GPS interno continuará desdobrando os próximos passos ao longo de sua rota enquanto você continua avançando.

Em outras palavras, uma vez que você clarifique e permaneça focado em sua visão (você pode fazer isso com um quadro de visão ou meditação), as etapas exatas continuarão aparecendo ao longo do caminho na forma de orientação interna, criando ideias e novas oportunidades.

Dicas para encontrar seu propósito de vida e paixão

5. Seja claro sobre o seu propósito de vida

Uma vez que você esteja claro sobre o que quer e mantenha sua mente constantemente focada nisso, o “como” vai continuar aparecendo – às vezes, exatamente quando você precisa e nem um momento antes.

Você nasceu com uma orientação interior que lhe diz quando está dentro ou fora do curso, através da quantidade de alegria que você está experimentando.

As coisas que lhe trazem a maior alegria estão em alinhamento com o seu propósito e vão levá-lo para onde quer ir.

Quando você apresentar seus objetivos para o universo com toda sua tecnologia poderosa, ficará surpreso e deslumbrado com o que ele oferece.

É aqui que a mágica e os milagres realmente acontecem.

Tire algum tempo para pensar com honestidade e abertamente sobre onde você está atualmente em sua vida e o que quer fazer com sua vida.

Qual é o seu status financeiro? Como estão seus relacionamentos? Como está sua saúde? E assim por diante…

Em seguida, pense em onde você gostaria de estar.

Se sua vida fosse perfeita agora, como seria? Que tipo de trabalho você teria e onde moraria?

Ao fazer este exercício continuamente, você enviará gatilhos poderosos para sua mente subconsciente para ajudá-lo a chegar lá.

6. Realize um teste de paixão

Desenvolvido por Chris e Janet Attwood, o Teste da Paixão é um processo simples, mas elegante. Você começa preenchendo o espaço em branco 15 vezes para a seguinte declaração:

“Quando minha vida é ideal, eu sou ___.” A(s) palavra(s) escolhida(s) para preencher o espaço em branco deve ser um verbo.

Leia:  Não consegue dormir cedo? Você pode ser mais inteligente e criativo do que imagina!

Quando Janet me conduziu pelo processo, minhas declarações ficaram assim:

Minha vida é ideal quando estou a serviço de um grande número de pessoas.

Minha vida é ideal quando estou ajudando pessoas com suas visões.

Minha vida é ideal quando estou falando com grandes grupos.

Minha vida é ideal quando faço parte de uma rede de líderes espirituais.

Minha vida é ideal quando estou criando um grupo principal de treinadores que se identificam com a minha organização.

Depois de criar 15 frases, você identifica as 5 principais escolhas. Para fazer isso, você compara as instruções #1 e #2 para identificar qual é o mais importante.

Pegue a vencedora dessa comparação e decida se é mais ou menos importante que a afirmação #3.

Em seguida, escolha a vencedora dessa comparação e decida se é mais ou menos importante que a afirmação #4, e assim por diante, até identificar a paixão mais significativa para você.

Repita o processo com as 14 instruções restantes para identificar sua segunda opção. Em seguida, repita o processo até que você tenha identificado suas 5 paixões na vida.

Em seguida, crie marcadores para cada uma das suas cinco principais paixões, para que você possa olhar para sua vida e dizer facilmente se está vivendo essa paixão.

Para mim, um objetivo de vida seria: “Quando estou ajudando as pessoas a viver suas visões, eu faço pelo menos 20 oficinas por ano para pelo menos 10 mil pessoas no total e, a cada evento, as pessoas vêm depois e dizem “você realmente me deu poderes para viver minha visão.”

Uma vez que você saiba quais são suas paixões e como sua vida ficará quando estiver as vivendo, pode criar planos de ação para transformar seus sonhos em realidade.

7. Pense sobre os momentos nos quais você experimentou a maior alegria em sua vida

Outra técnica que você pode usar para ajudá-lo a identificar seu propósito é realizar uma revisão de alegria.

Simplesmente reserve cerca de 30 minutos e faça uma lista de todas as vezes em que sentiu a maior alegria em sua vida.

(No meu caso, foi quando era um líder de patrulha nos escoteiros, quando era um oficial na minha escola militar, quando era um conselheiro de acampamento de verão em um acampamento no Maine, meus anos como líder na minha fraternidade universitária, meus anos como professor do ensino médio, quando estava conduzindo oficinas e treinamentos, quando contava piadas, contava histórias e quando estava viajando.)

Então, procure um padrão entre todos esses momentos.

No meu caso, foi quando estava ensinando e estava inspirando e capacitando as pessoas para seguirem seus sonhos e para terem mais amor, alegria e abundância em suas vidas.

Uma vez que sabemos que a alegria faz parte do seu sistema de orientação interna, lhe dizendo quando você está no curso, você pode determinar muito sobre o seu propósito de vida ao completar esta revisão de alegria.

8. Siga este exemplo de encontrar propósito

Um dos meus alunos de treinamento, um cardiologista de sucesso, estava com dificuldades para identificar seu propósito. Sugeri outro exercício e pedi que ele revisasse sua vida e respondesse à pergunta:

“Quando me senti mais realizado?”

Ele compartilhou três períodos em que se sentiu mais feliz e mais realizado.

Primeiro, ele me contou sobre um período com seu avô, quando ele estava na Índia.

O segundo foi sua experiência de brincar com seus próprios netos.

O terceiro foi uma vez que ele passou as férias em um veleiro.

Quando lhe perguntei o que era comum a todas essas três experiências, ele me disse que era a sensação de liberdade que sentia.

Notando que nenhuma de suas três experiências eram relacionadas à sua profissão na medicina, pedi que me contasse sobre suas experiências mais gratificantes como médico.

As incidências que ele relatou foram quando doou seus serviços gratuitamente ou por uma taxa menor do que seus sócios achavam que ele deveria ter cobrado.

Ele compartilhou sobre uma época em que ele demorava muito mais tempo do que o habitual durante uma visita ao consultório, para apoiar e incentivar uma família que estava com medo de perder o pai durante uma cirurgia cardíaca iminente.

Reserve tempo para si mesmo

Ao examinarmos sua vida ainda mais, ficou claro que ele tinha muito pouco tempo para si mesmo. Ele estava sempre de plantão, sempre trabalhando até tarde, sempre com a agenda cheia, com pouco ou nenhum tempo livre para o cuidado pessoal.

Eu perguntei por que isso acontecia. Ele respondeu que as pessoas poderiam morrer se ele não as atendesse.

O problema ficou claro: ao atender apenas aos pacientes e nunca a si mesmo, ele estava, de certa maneira, morrendo.

Para direcionar esse ponto, perguntei o que ele faria na seguinte situação: “Um paciente vem até você para uma operação. Se você operar este paciente, você morrerá. Se você não operá-lo, ele vai morrer. É ele ou você. O que você faria?”

Ele refletiu tranquilamente sobre esse cenário por um longo tempo e, finalmente, ele disse: “Eu escolheria viver, em vez de morrer. Não faz sentido me matar para salvar os outros”.

Este foi um ponto de virada na sua vida.

Mais tarde, ele me disse que, embora ainda queira servir às pessoas, agora ele sabe que tem o direito de cuidar de si mesmo, de sua mente, de seu corpo e de suas necessidades.

Esse cardiologista agora valoriza mais o que realmente vem do coração dele, não do de outra pessoa.

9. Alinhe seus objetivos com seu propósito de vida e suas paixões

Todos somos dotados de um conjunto de talentos e interesses que nos dizem o que deveríamos estar fazendo. Depois de saber qual é o seu propósito de vida, organize todas as suas atividades em torno dele.

Tudo o que você faz deve ser uma expressão do seu propósito. Se uma atividade ou objetivo não se encaixa nessa fórmula, não trabalhe naquilo.

Se alinhar com o seu propósito é mais crítico ao estabelecer objetivos profissionais. Quando se trata de objetivos pessoais, você tem mais flexibilidade.

Se quiser aprender a pintar ou esquiar, vá em frente e faça isso. Se seu objetivo é entrar em forma e perder peso, siga em frente com confiança.

Nutrir-se emocionalmente, fisicamente e espiritualmente vai torná-lo mais energizado, resiliente e motivado para viver o seu propósito na frente profissional.

No entanto, não ignore os sinais de que seu emprego ou sua carreira não são adequados para você.

Se você teme as manhãs de segunda-feira e vive para os fins de semana, pode ser um sinal de que é hora de seguir o seu coração e buscar o trabalho que deseja fazer.

10. Se incline ao seu propósito de vida verdadeiro

Depois de obter mais clareza sobre o seu propósito, você não precisa reformular completamente a sua vida de uma só vez. Em vez disso, apenas se incline a ele, pouco a pouco.

Comece a viver seu propósito um pouco mais a cada dia, e preste atenção ao feedback que está recebendo dos outros e em termos dos resultados que está produzindo, e também de como está se sentindo.

Avanço para o SEU sucesso com esta fórmula

Você tem grandes sonhos e ambições. Agora, é hora de começar a agir em relação a eles enquanto leva sua vida a um nível totalmente novo.

Eu sempre pergunto aos meus alunos exatamente as mesmas perguntas que estou prestes a fazer:

Você está onde quer estar?

Você realizou tudo o que pensou que faria até agora?

Você está aproveitando o estilo de vida, viagens, fins de semana e atividades de lazer que sempre sonhou?

Você quer uma carreira ou negócios mais satisfatórios?

Seus relacionamentos poderiam ser mais profundos, mais recompensadores e mais significativos?

Se não, eu gostaria de desafiá-lo a elevar todos os aspectos de sua vida, carreira e estilo de vida, COMEÇANDO AGORA.

Acredito que com as ferramentas certas, todos podem cultivar uma mentalidade de sucesso e descobrir seu maior propósito de vida.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente escrito por Jack Canfield.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Gostou do conteúdo? Então comente e compartilhe-o com seus amigos