Mente

6 coisas que você pode dizer para apoiar alguém que está com depressão

Incondicionalmente ou não, afirmações que culpam a força de vontade, a falta de motivação ou o quadro mental negativo de uma pessoa deprimida geralmente saem pela culatra e aumentam os sentimentos de isolamento e desesperança dessa pessoa.

As declarações, por vezes, vêm de um mal-entendido fundamental sobre a doença da depressão.

É uma condição biopsicossocial que prende suas vítimas em uma mentalidade desordenada, que cria padrões de pensamento vulneráveis ​​e desanimados.

Então, como pessoas bem-intencionadas podem dar apoio a alguém com depressão, além de evitar tendências de julgamento? Como alguém pode mostrar empatia e compreensão?

Aqui estão 6 coisas a dizer para se conectar com alguém que vive com depressão:

O que dizer para alguém com depressão

1. “Estou aqui por você.”

Apenas oferecer estar presente para alguém com depressão ajuda. Alguém que se sente preso em um ciclo de autoaversão muitas vezes se sente indigno de buscar pessoas ao seu redor.

Elas geralmente se preocupam em ser um fardo ou incômodo para os outros, já que estão cientes do quanto o humor delas pode ser infeccioso para os que estão por perto.

Quando você decide que elas saibam que você estará lá para elas, independentemente de seus medos de julgamento ou de desperdiçar seu tempo, elas podem se sentir menos sozinhas e sentir menos pressão social.

Você nem precisa necessariamente dizer alguma coisa enquanto estiver com elas.

Isso pode ajudar a quebrar o ciclo de autoestima negativa e permitir que elas percebam que as pessoas ainda se importam, independentemente de sua triste apresentação externa.

2. “O que posso fazer para ajudar?”

As pessoas deprimidas podem não estar necessariamente em um estado de espírito para saber ou dizer o que irá ajudá-las, mas apenas ouvir a disposição e abertura de alguém pode ajudar a levantar o ânimo.

Mesmo que elas digam que nada precisa ser feito, elas ouviram você.

Elas podem sentir que você se importa, e isso pode tranquilizá-las quando são pegas em pensamentos cheios de culpa.

Se elas pedirem algo, você está em uma ótima posição para ajudar. Mesmo apenas estar lá para ouvir suas preocupações pode ajudar.

3. “Eu gosto de [X/Y/Z] sobre você.”

Baixa autoestima se torna uma profecia autorrealizável com a depressão. Isso leva a se sentir incompreendido e fora de sincronia com todos os outros.

Indivíduos deprimidos muitas vezes se torturam mentalmente. Ouvir reforço positivo pode ajudar a suavizar suas tendências de autocensura e testar a realidade de seus pensamentos.

Não ofereça elogios falsos, mas compartilhe os motivos honestos pelos quais você gosta da companhia da pessoa ou a ama. Muitas vezes o humor da pessoa distorce sua percepção de sua amabilidade.

O que dizer para alguém com depressão

4. “Sim, isso é péssimo.”

Algumas perspectivas negativas durante a depressão não são necessariamente distorcidas ou delirantes.

Embora alguns problemas sejam ampliados, ou a pessoa possa se tornar sensível demais a um evento ruim, muitas vezes há estressores reais que as deprimem.

Leia:  Isto é ser produtivo de verdade: 4 segredos dos estoicos

É importante reconhecer essas preocupações quando elas são criadas, de modo que uma pessoa não sinta que não está sendo ouvida ou está sendo mal compreendida, ignorada ou forçada a ser artificialmente feliz.

Se ela não se sente sozinha ao ver um problema, sente que há potencial para avançar.

5. “Existem maneiras de superar esse momento difícil.”

Se você perceber que alguém está sofrendo uma depressão séria e não está melhorando, apesar de oferecer seu melhor apoio, a melhor coisa que pode fazer é guiá-lo para ajuda profissional.

Dar esse passo pode parecer assustador para a maioria das pessoas. Estar lá para tranquilizá-lo e acompanhá-lo no processo pode fazer a diferença entre alguém desabar ou não.

Sinta-se à vontade para entrar em contato com os recursos de saúde mental online ou ligar para as linhas diretas, conforme necessário; para pessoas que você conhece que são provedores de saúde mental.

Ajude as pessoas a marcar consultas com terapeutas e/ou ajude a considerar cuidadosamente a medicação adjunta. Leve alguém para uma sala de emergência, se estiver realmente preocupado com sua segurança.

Negociar o sistema de saúde mental fragmentado pode ser complicado, então sua defesa pode realmente interessar a alguém que não pode brigar por si mesmo.

6. “Eu já passei por isso também.”

Partir de um local de sofrimento mútuo pode ser importante para alguém que sente que ninguém o entende, ou se sente envergonhado demais para falar sobre sua situação.

Mais histórias são compartilhadas na mídia, livros e revistas sobre pessoas de todas as esferas da vida que passaram por doenças mentais e lutaram para sobreviver e melhorar.

Quanto mais as pessoas falam sobre a realidade de suas condições, menos desinformação irá confundir o público em geral.

Isso ajudará a reduzir os sentimentos contínuos de estigma, solidão e punição social, permitindo que as pessoas vejam o potencial de recuperação.

Em geral, o objetivo de ajudar um ente querido ou amigo com depressão é ser cuidadoso e solidário, mas também realista e aberto ao seu estado de espírito.

Cada caso individual de depressão pode ser muito mais complexo do que eu descrevi aqui, especialmente se traços complicados de personalidade, comportamentos problemáticos ou questões de abuso de substâncias são misturados na equação.

Em geral, aceite uma pessoa deprimida sem expectativas de mudança rápida ou julgamento – deixe-a saber que é amada e não está sozinha em suas lutas.

Seu carinho pode fazer uma diferença real.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Psychology Today, escrito por Jean Kim.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Gostou do conteúdo? Então comente e compartilhe-o com seus amigos!