13 casais do século 19 que venceram o preconceito e se casaram
Cultura

13 casais do século 19 que venceram o preconceito e se casaram

Apesar da abolição da escravidão nos Estados Unidos, em 1865, os negros sofreram com várias leis que os mantiveram isolados de seus direitos como cidadãos.

As leis anti-miscigenação são exemplo disso.

O casamento inter-racial só foi permitido por lei em 1967 e muitos estados norte-americanos levaram muito tempo para abolir a proibição, como o Alabama, que foi o último no ano de 2000.

Na década de 1950, o povo americano era veementemente contra as relações inter-raciais, com apenas 5% da população aprovando a prática.

Então imagine o quão corajoso você teria que ser para se casar com alguém de outra raça, não só na América, como em vários países no século XIX.

E ainda assim, alguns casais corajosos o fizeram:

1. Jack Johnson e sua esposa Etta Terry Duryea, 27th January, 1910.

Casais inter-raciais do século 19 (1)

Jack Johnson foi um boxeador de sucesso e ator de teatro.

Ele foi casado com três mulheres brancas: socialite Etta Terry Duryea; Lucille Cameron, e Irene Pineau. A vida em torno de Jack e suas esposas, dizem, foi um tanto controversa.

2. Um casal desconhecido de 1910

Casais inter-raciais do século 19 (2)

3. Um casal desconhecido no período eduardiano na Inglaterra, por volta de 1900

Casais inter-raciais do século 19 (3)

4. Elizabeth Taylor de South Shields, Tyneside (Inglaterra) e o marido Muhammed Hasan, em 1920

Casais inter-raciais do século 19 (4)

5. George Schuyler e a esposa Josephine Cogdell (centro) e a filha (direita), 1920

Casais inter-raciais do século 19 (5)

George Schuyler foi um jornalista de esquerda bem conhecido nos Estados Unidos da década de 1920. E Josephine foi modelo, atriz e dançarina de uma família rica ex-escravista.

No registro de casamento, ela escreveu que era negra para evitar qualquer oposição.

6. Gladys (Emery) Aoki e Gunjiro Aoki se casaram em 27 de março de 1909, em Seattle.

Casais inter-raciais do século 19 (6)

Antes eles tentaram se casar na Califórnia e em Oregon, estados que lhes negaram licença pela lei anti-miscigenação.

7. Frederick Douglass, a esposa Helen Pitts Douglass (direita) e a irmã dela Eva Pitts (centro), por volta de 1880

Casais inter-raciais do século 19 (8)

Frederick foi um ex-escravo, se tornou abolicionista e estadista.

O casal trabalhou pela abolição da escravidão, com Frederick apelando diretamente para Abraham Lincoln durante a Guerra Civil Americana.

8. O irlandês Charles Meehan de Detroit e Hester, sua esposa canadense

Casais inter-raciais do século 19 (9)

Ambos nasceram em 1856. Se casaram no Canadá, onde o casamento interracial era legal, embora fosse desaprovado.

Por motivos desconhecidos, se mudaram para o estado de Nebraska, nos Estados Unidos e tiveram três filhos.

9. Joseph Phillippe Lemercier Laroche, a esposa Juliette e os filhos Marie and Louise

Casais inter-raciais do século 19 (10)

Joseph estudou na França e se tornou engenheiro, mas não conseguia emprego por causa do racismo. Depois de se casar com Juliette, decidiu viajar para o Haiti a trabalho.

A bordo do Titanic, em 14 de abril de 1912, a esposa e as filhas se salvaram e ele morreu no naufrágio. O corpo nunca foi encontrado.

10. Jessie Walmisley, esposa de Samuel Coleridge-Taylor e seus dois filhos

Casais inter-raciais do século 19 (11)

Samuel foi um compositor inglês bem-sucedido de origem miscigenada que se casou com uma mulher inglesa. Os pais de Jessica foram contra o casamento por causa da cor da pele de Samuel.

11. Louis Gregory e Louisa Mathews Gregory se casaram em 1912

Casais inter-raciais do século 19 (2)

Louis Gregory (americano) e Louisa Mathews (britânica), praticantes da fé Bahá’i, se encontraram em peregrinação na Terra Santa do Egito, em 1911. 

Apesar das críticas, permaneceram casados por quase 40 anos até a morte de Gregory em 1951.

12. Um homem chinês e sua esposa por volta de 1900

Casais inter-raciais do século 19 (3)

13. Um casal desconhecido no seu dia de casamento

Casais inter-raciais do século 19 (4)

Viva o amor! Compartilhe com os seus amigos!

Fonte: metro.co.uk. Imagens: News Dog Media

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo