Humanidade

40 dicas sobre ganhar dinheiro que eu aprendi após 40 anos

Com o meu aniversário de 40 anos se aproximando eu comecei a refletir sobre a minha vida e a minha jornada financeira até aqui.

Infelizmente, meus 20 anos não foram tão produtivos em relação à dinheiro.

Eu tinha quatro empregos diferentes, todos com salários baixos e eu era completamente insatisfeito.

Mas olhando pelo lado positivo, minhas frustrações com os empregos me levaram a iniciar meu próprio negócio (web design e blogs) quando eu tinha 28 anos.

Na mesma semana que fiz 30 anos, deixei meu trabalho para perseguir esse negócio em tempo integral e fui abençoado por poder trabalhar em casa nos últimos 10 anos.

Felizmente, meus 30 anos têm sido muito mais produtivos do que meus 20 anos.

Eu tive o privilégio de construir sites e blogs em setores como web design, fotografia, viagens e finanças.

Três desses sites/blogs foram vendidos por mais de US$ 200.000 cada.

Minha esposa e eu também criamos e vendemos um negócio com faturamento de seis dígitos com o programa de afiliados da Amazon.

Apesar de um começo lento, as coisas melhoraram.

Minha esposa pôde deixar seu emprego há quase seis anos quando nossa filha nasceu, o que tem sido ótimo para nossa família.

Ao longo do processo, aprendi muito e aqui estão 40 lições sobre dinheiro que me vêm à mente dos meus primeiros 40 anos de vida.

1. É apenas dinheiro.

como poupar e ganhar dinheiro (4)

Crédito: Artem Bali | Pexels

O dinheiro não é a coisa mais importante na vida.

Todos nós temos prioridades diferentes, mas para muitas famílias, saúde, amigos e fé, são mais importantes que o dinheiro.

Quando você passa incontáveis ​​horas trabalhando para viver, é fácil se distrair e perder de vista essas prioridades.

Aqueles de nós que escrevem sobre finanças têm dinheiro em nossas mentes quase que constantemente.

É bom dar um passo atrás de vez em quando e refletir sobre o que realmente importa mais.

2. Comece a economizar cedo.

A maioria das pessoas não quer pensar em economizar dinheiro quando é jovem, mas esse é realmente o melhor momento.

Não só porque você tem muitos anos para o seu dinheiro render e crescer, mas porque, começando cedo você estará desenvolvendo bons hábitos que podem durar toda sua vida.

Eu reservei um pouco quando era jovem, mas gostaria de ter economizado mais.

3. Os hábitos são difíceis de quebrar (sejam eles bons ou ruins).

Com base no ponto anterior, uma vez que os hábitos são formados, eles podem ser difíceis de quebrar.

Isso pode funcionar a seu favor ou contra você. Se você se esforçar para quebrar seus maus hábitos financeiros e substituí-los por bons hábitos, provavelmente será beneficiado por muitos anos.

4. Não siga a multidão.

Não seja influenciado pelo que você vê seus amigos, familiares ou vizinhos fazendo com seu dinheiro.

A maioria das pessoas toma decisões financeiras terríveis, então por que segui-las?

5. Saber e fazer são duas coisas diferentes.

Quando eu tinha 20 e poucos anos, eu tinha uma colega de trabalho que era muito aberta comigo sobre as más decisões financeiras que ela e seu marido haviam tomado.

Seu marido era um consultor financeiro. Ele estava na indústria há vários anos e tinha muito conhecimento sobre o assunto.

Mas eles não colocaram em prática em suas próprias vidas. Em vez de estar em um bom lugar em seus primeiros 40 anos, eles estavam pagando dívidas. Saber muito sobre finanças não coloca dinheiro em sua conta bancária.

6. Se você gerenciar mal seu dinheiro, ter mais dinheiro não vai resolver seus problemas.

Muitas pessoas pensam que se tivessem mais dinheiro, seus problemas financeiros desapareceriam.

Mas as pessoas que administram mal o seu dinheiro terão problemas financeiros, quer tenham um pouco ou muito dinheiro.

Concentre-se em administrar o dinheiro que possui e, quando conseguir mais, ficará melhor.

7. Se você não sabe onde está indo você não consegue tirar o máximo proveito do seu dinheiro.

Controlar suas despesas pode ser uma experiência de abrir os olhos.

A maioria de nós tem alguns hábitos ou gastos que realmente se acumulam, mas se você não estiver prestando atenção, não perceberá o quanto é.

8. Concentre-se nas maiores categorias do seu orçamento.

Se você está tentando economizar dinheiro, um bom lugar para começar é com as maiores categorias em seu orçamento.

Mesmo pequenas melhorias percentuais nessas áreas podem aumentar rapidamente e ter um grande impacto na sua economia geral.

9. Aumentar a renda deve ter um foco tão grande quanto cortar as despesas.

Se você estiver procurando melhorar sua situação financeira, você pode cortar suas despesas ou aumentar sua renda (ou, idealmente, ambos).

Os tópicos relacionados à economia de dinheiro chamam muita atenção, mas aumentar sua renda pode realmente ter um impacto maior, supondo que você esteja gerenciando seu dinheiro com eficiência.

Há muitas maneiras diferentes de aumentar sua renda, como obter um aumento, obter algum tipo de certificação, mudar de emprego, trabalhar em duas coisas paralelamente ou construir seu próprio negócio.

Para mim, concentrar-se no meu próprio negócio on-line, em vez de trabalhar para outra pessoa, foi um grande ponto de virada.

10. Mais dinheiro nem sempre significa menos estresse.

O dinheiro pode definitivamente ajudar a tornar a vida mais fácil de muitas maneiras, mas o estresse sobre as finanças não vai desaparecer completamente quando você tiver mais dinheiro.

Eu tenho a sorte de ver um aumento significativo na minha renda e patrimônio líquido em meus 30 anos, mas eu ainda me preocupo com dinheiro tanto, se não mais, do que quando estava com 20 e poucos anos.

11. Salário mais alto nem sempre significa mais segurança.

como poupar e ganhar dinheiro (3)

Crédito: Riya Kumari | Pexels

Quando eu estava saindo da faculdade, assumi que ter mais tempo de empresa e um salário alto tornaria minha vida mais segura.

Quando eu tinha 29 anos, em 2008, meu empregador demitiu cerca de 25% do seu pessoal. Muitas das pessoas que foram demitidas estavam lá há anos e eram bem pagas.

Livrar-se dessas pessoas poupou mais dinheiro à empresa, o que as tornou dispensáveis.

Eu não perdi meu emprego, mas isso me motivou a construir meu negócio (que era uma trabalho paralelo naquele momento) mais rápido.

12. O patrimônio líquido é mais importante que a renda.

A maior parte da nossa sociedade associa riqueza com quanto dinheiro você ganha a cada ano.

Na realidade, o quanto você ganha não é tão importante quanto o quanto você tem.

Você prefere fazer R$200.000 por ano com patrimônio líquido nulo, ou fazer R$40.000 por ano com patrimônio líquido de R$1.000.000?

13. Trocar seu tempo por dinheiro não é a melhor maneira de construir riqueza.

A maioria dos milionários ganhou dinheiro ao possuir um negócio ou ao investir em ativos geradores de renda (imóveis, por exemplo).

Claro, existem exceções, mas em geral confiar em um trabalho para torná-lo rico não é a melhor abordagem.

14. Invista em você.

Há muitas maneiras diferentes de investir em si mesmo, como obter uma educação, aprender ou dominar uma habilidade ou começar um negócio.

Esses investimentos podem ter um impacto enorme em sua situação financeira de longo prazo.

15. Concentre-se no desenvolvimento de seus pontos fortes.

É melhor (e mais lucrativo) ser realmente bom em uma coisa do que ser muito bom em muitas coisas diferentes.

Ter uma força onde você realmente se destaca pode torná-lo muito valioso.

16. Há uma diferença em ser autônomo e ser proprietário de uma empresa.

Eu tenho sido autônomo por 10 anos.

Embora eu seja tecnicamente considerado proprietário de uma empresa, sem mim não há negócio.

A melhor maneira de aumentar a riqueza é construir um negócio que funcione com ou sem você.

Talvez um dia eu chegue lá.

17. Renda passiva leva tempo ou dinheiro para criar.

Todo mundo quer renda passiva, certo?

O que é melhor do que ganhar dinheiro sem fazer nenhum trabalho?

Para que isso aconteça, você precisa do dinheiro para investir ou precisa trabalhar para criar um negócio ou ativo que gere dinheiro com pouco ou nenhum esforço da sua parte.

18. Um bom contador vale a pena.

Todo mundo precisa de um contador.

Se você obtiver a consultoria de um empregador e não tiver muitos detalhes em suas finanças, talvez você fique bem com uma abordagem faça-você-mesmo.

Mas quanto mais complexidades você adicionar, mais importante se torna um contador.

Para mim e minha esposa, nosso contador nos salvou milhares de dólares (para não mencionar incontáveis ​​horas) ao longo dos anos. O benefício foi muito mais do que o custo.

19. Priorize.

Poupar dinheiro e viver uma vida simples é uma coisa boa, mas você não precisa poupar em todas as áreas da sua vida.

A chave é conhecer suas prioridades.

Faça o que puder para economizar em coisas que não são tão importantes para você e você terá dinheiro para gastar nas coisas que são importantes.

Leia:  10 histórias que você provavelmente nunca ouviu sobre Albert Einstein

20. Não tem problema você aproveitar o seu dinheiro.

Você não precisa ser contido 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Você trabalha duro pelo seu dinheiro e não há problema em aproveitá-lo. Todos nós precisamos de equilíbrio.

Não se sinta culpado por gastar em coisas que são importantes para você quando você puder pagar.

21. Não existe um padrão.

como poupar e ganhar dinheiro (1)

Crédito: Pixabay | Pexels

Somos todos diferentes.

Alguns de nós gostam de usar cartões de crédito para ganhar dinheiro e recompensas.

Outros gerenciam seu dinheiro da melhor forma quando usam apenas dinheiro.

Alguns de nós são motivados pelas vitórias rápidas de usar a abordagem da bola de neve da dívida.

Como a maioria das coisas na vida, muito se resume a preferência pessoal, em vez de uma maneira de estar certo ou errado.

22. Investir não precisa ser complicado.

Investir é um tema que assusta muita gente.

Infelizmente, esse medo ou falta de conforto leva muita gente a não fazer nada e ficar à deriva.

Mas investir não precisa ser complicado. E de fato, manter um investimento simples é geralmente a melhor abordagem.

Um simples portfólio de três fundos é simples e suficiente.

23. As taxas de investimento podem ter um enorme impacto a longo prazo.

As taxas de investimento podem parecer insignificantes, já que estamos falando de porcentagens muito pequenas.

Mas é impressionante o impacto que essas pequenas taxas podem ter quando você olha para o quadro geral.

Quando estiver avaliando investimentos, lembre-se de dar uma boa olhada nas taxas.

24. Nem todos os profissionais financeiros sabem o que estão falando.

Não siga o conselho de alguém simplesmente porque ele trabalha no setor financeiro.

Há definitivamente muitos verdadeiros especialistas por aí, mas há também muitas pessoas que são treinadas para vender produtos para a empresa em que trabalham, e não são muito bem informados em outras áreas.

No ano passado, eu contratei um “profissional” para um investimento, foi um experiência horrível.

Eu expliquei a ele por que pensava que determinado ajuste era ruim no investimento e como eu poderia fazer muito melhor em outro lugar.

Mas ele realmente não estava ciente de seus concorrentes, só estava familiarizado com o que ele poderia oferecer através de sua própria empresa.

25. Só porque alguém lhe dará o crédito não significa que você pode (ou deve) pagar.

Você não tem que gastar todo o dinheiro que o banco te disponibiliza.

26. Cartões de crédito não são inimigos, basta usá-los corretamente.

Eu uso um cartão de crédito para tudo e utilizo o sistema de recompensas do próprio cartão de crédito para ganhar algum retorno sobre isso.

Outros usam cartões de crédito para hackear viagens mais baratas.

Os cartões de crédito não são maus, mas se você não tomar cuidado, eles podem causar muitos problemas.

27. Faça reservas automáticas.

A melhor maneira de ter certeza de que você guardará dinheiro é automatizando essa função.

Você pode ter essas reservas deduzidas do seu salário para que você nunca veja o dinheiro.

Você pode configurar transferências automáticas no banco. Há ainda um número crescente de aplicativos para dispositivos móveis que permitem que você faça economias automaticamente.

Trate suas economias como um projeto de lei e você verá elas crescerem.

28. Reserve quando os tempos são bons, você pode precisar disso depois.

Ao longo da vida, a maioria de nós experimenta alguns altos e baixos financeiros.

Este foi definitivamente o caso para mim porque eu construí e vendi vários negócios online.

Vender é ótimo, porque significa receber uma boa quantia, mas você também perde o rendimento contínuo do ativo que vendeu e precisa recomeçar.

Em vez de gastar tudo, salve quando os tempos estiverem bons.

Você nunca sabe o que o futuro reserva.

29. Pequenos passos levam a grandes ganhos.

Você pode estar desanimado em poupar e investir, porque você só consegue economizar muito pouco a cada mês.

Mas se você for consistente com isso, essa pequena quantia pode se transformar em algo significativo com o tempo.

Não evite poupar ou investir apenas porque acha que não pode fazer o suficiente para fazer a diferença.

30. Boas intenções não são suficientes.

Você pode ter todas as boas intenções que deseja, mas agir é o que realmente importa.

Isto vale quando falamos sobre poupar dinheiro, tentar ganhar mais dinheiro e até dar dinheiro aos outros.

Durante muito tempo, quis fazer algo pelas pessoas da minha comunidade.

Eu tinha boas intenções, mas nunca tomei as medidas para realmente encontrar uma oportunidade.

No ano passado, fiquei motivado e comecei a me voluntariar três ou quatro vezes por mês em um abrigo local e tem sido uma ótima experiência.

Infelizmente, perdi muito tempo antes de agir.

31. Às vezes, a melhor decisão não é a melhor no papel.

como poupar e ganhar dinheiro (2)

Crédito: Tristan Le | Pexels

Às vezes, o que é certo para você e sua família não se alinha com o que faz mais sentido matematicamente.

Quatro anos atrás, minha esposa e eu tínhamos uma quantia em dinheiro e decidimos pagar nossa hipoteca.

No papel, faria mais sentido investir esse dinheiro do que pagar uma hipoteca de juros baixos.

Mas, como uma família de 4 pessoas com uma única renda e uma renda que sobe e desce, sentimos que reduziria o estresse para não ter uma hipoteca.

Mesmo sabendo que o dinheiro poderia ter aumentado muito se investido nos últimos 4 anos, ainda acho que foi a decisão certa para nossa família.

32. O tempo é mais valioso que o dinheiro.

Não importa quanto dinheiro você ganhe, você nunca terá mais de 24 horas por dia.

Estamos todos trabalhando com tempo limitado, e como usamos nosso tempo impacta muitos aspectos de nossas vidas.

Certifique-se de que você sempre valoriza seu tempo.

33. Nem todo mundo tem as mesmas oportunidades.

Trabalhei duro para colocar minha família em uma posição financeira melhor, mas tenho tido sorte de ter oportunidades.

Nossas vidas são incrivelmente influenciadas por fatores além do nosso controle, coisas como onde nascemos e situações familiares.

Há pessoas em todo o mundo enfrentando probabilidades impossíveis e lutando simplesmente para sobreviver.

Preciso apreciar a bênção que tenho e tentar ajudar outras pessoas que não são tão afortunadas.

34. Ser financeiramente responsável pelos outros pode trazer muito estresse.

Mesmo que minha renda e patrimônio líquido sejam maiores agora do que há 10 anos, tenho muito mais estresse.

Há duas razões para isso: uma filha de cinco anos e um filho de três anos. Antes das crianças eu realmente não me preocupava muito com dinheiro.

Eu estava confiante de que eu poderia fazer o suficiente para cuidar de mim mesmo. Mas saber que tenho dois filhos que dependerão de mim pelo menos nos próximos 15 anos pode ser intimidante.

Felizmente, eles valem o estresse adicional.

35. Crianças são mais capazes do que você pensa.

Minha esposa e eu tentamos ensinar nossos filhos sobre dinheiro para que eles estejam preparados para a vida.

Quando nossa filha tinha quatro anos, comecei a pagá-la por ajudar com algumas coisas pela casa.

Ela queria um vestido de princesa que custava cerca de R$130 e eu pensei que não havia nenhuma chance de ela ter a disciplina necessária para economizar o suficiente para conseguir.

Várias vezes ela optou por não comprar outra coisa porque estava economizando para o que realmente queria. Em pouco tempo ela tinha o dinheiro que precisava para comprar o vestido. Eu aprendi uma lição valiosa sobre não subestimar o que ela é capaz.

36. As coisas podem mudar rapidamente.

Com vida e dinheiro, você nunca sabe o que esperar.

Uma queda repentina no mercado de ações, problemas de saúde inesperados, perda de emprego, divórcio. Há muitas coisas que podem acontecer para mudar sua situação em um piscar de olhos.

Prepare-se da melhor maneira possível, mas talvez seja necessário ajustar no futuro.

37. Cabe a você.

Não espere que outra pessoa te incentive a ter um melhor desempenho financeiro, incluindo seu chefe. Cabe a cada um de nós assumir a responsabilidade por nossas próprias finanças.

38. Deixe ir.

Não se arrependa de seus erros financeiros. Você não pode mudar o que aconteceu no passado. Aprenda com seus erros e siga em frente.

39. Não perca sua vida reservando dinheiro.

O tempo voa!

Eu mal posso acreditar que 40 anos da minha vida já se passaram.

O dinheiro é uma parte importante da vida, porque isso afeta as coisas que são ainda mais importantes, o nosso estilo de vida, por exemplo. Mas perseguir dinheiro para ter dinheiro não deveria ser o foco principal — foque em experiências ricas.

40. Sempre existem lições para aprender.

Aprendi muito nos últimos 40 anos, mas aprender é um processo que nunca acaba. Espero aprender muito mais no futuro.

___

Este texto foi publicado originalmente no Budgets Are Sexy, por Marc. Tradução feita por Awebic. Saiba mais sobre o trabalho de Marc aqui.