Humanidade

Ele estava de luto pela perda do amigo, até um “velho” enviar esta mensagem

A internet é realmente capaz de compartilhar acontecimentos por mais longe que eles ocorram de você.

Se ela pode ser usada para o lado ruim, também pode nos deixar maravilhados com as boas histórias que encontramos, como as que sempre dividimos com vocês aqui no Awebic.

Uma dessas histórias que nos emocionam, mostrando os lados mais belos da humanidade, aconteceu no caso de um usuário que postou a seguinte mensagem no site Reddit:

“My friend just died. I don’t know what to do.”

Em português: “Meu amigo morreu. Eu não sei o que fazer”.

mensagem perder amigo

A postagem completa foi deletada, deixando apenas a frase acima como título. Porém, só isso foi o suficiente para gerar respostas de diversos usuários, preocupados e solidários.

E foi uma dessas pessoas que deixou um comentário que simplesmente vai mudar o jeito que você encara a vida e a morte.

Veja a resposta traduzida do usuário autointitulado de “Old Guy”:

luto perder um amigo

Eu sou velho. O que significa que eu tenho sobrevivido (por tanto tempo) e um monte de gente que eu conheci e amei, não.

Eu perdi amigos, melhores amigos, conhecidos, colegas de trabalho, avós, mães, parentes, professores, mentores, estudantes, vizinhos e várias outras pessoas. Eu não tive crianças e eu não posso imaginar a dor que deve ser perder um filho. Mas aqui vão algumas dicas:

Eu poderia te dizer que você se acostuma com as mortes, mas eu nunca me acostumei. E eu não quero. Sempre que morre alguém que eu amo é como se abrisse um buraco em mim, não importam as circunstâncias. Eu não quero que isso seja algo que simplesmente passe. Minhas cicatrizes são provas do amor e da relação que eu tinha com essa pessoa. E se a cicatriz é profunda, assim era o amor. E que assim seja.

As cicatrizes são um testemunho de vida. As cicatrizes são a prova de que eu posso amar e viver profundamente e ser ferido, ou mesmo arrancado, para que eu possa me curar e continuar a viver, e continuar a amar. O tecido da cicatriz é mais forte que a carne original sempre foi. As cicatrizes são um testemunho de vida. As cicatrizes são feias apenas para as pessoas que não podem ver.

Quanto à dor, você vai recebê-la como ondas. Quando o navio é destruído, você está se afogando e com destroços ao seu redor. Tudo que flutua em volta faz lembrar a beleza e magnificência do navio que ele era, e não é mais. E tudo o que você pode fazer é boiar. Você encontra algum pedaço dos destroços para se apoiar por um tempo. Talvez seja alguma coisa física. Talvez seja uma memória feliz ou uma fotografia. Talvez seja uma pessoa que também está flutuando. Por um tempo, tudo o que você pode fazer é boiar.

Leia:  Cachorro com cara de urso é encontrado e agora todos querem adotá-lo!

Ficar vivo.

No começo as ondas têm 100 pés de altura e quebram em você sem misericórdia. Elas chegam a cada 10 segundos e não te dão tempo para retomar o ar. Tudo o que você pode fazer é aguentar e flutuar. Depois de um tempo, talvez semanas ou meses, você verá que as ondas continuam com 100 pés, mas elas chegam em intervalos maiores. Quando elas vêm ainda acabam com você, mas, pelo menos, você consegue respirar, consegue funcionar. Você nunca sabe o que desencadeia a dor. Pode ser uma música, uma foto, uma rua, o cheiro de copo de café. Pode ser qualquer coisa… e a onda vem te quebrar. Porém,entre as ondas, existe vida.

Em algum momento, e isso é diferente em cada um, você pode achar que as ondas têm apenas 80 ou 50 pés. E quando elas vêm, chegam mais distantes. Você pode vê-las chegando. Uma data importante, um aniversário, natal, ou um desembarque no O’Hare (Aeroporto Internacional de Chicago/EUA). Você pode vê-las chegando – em sua maioria – e se preparar. E quando ela te cobrir, você já sabe que de alguma forma você, de novo, sairá do outro lado. Encharcado, arranhado e ainda apoiado nos destroços, mas você sairá.

Aprenda isso de um velho. As ondas não param de chegar, e de alguma forma você realmente não quer que parem. Mas você aprende que você vai sobreviver a elas. E outras ondas virão. E você vai sobreviver também.

Se você tiver sorte, você vai ter um monte de cicatrizes de um monte de amores. E um monte de navios naufragados.”

Fonte: reddit.com.

O que achou desse depoimento de partir o coração e deixar os olhos cheios d’água?

Compartilhe conosco suas opiniões, sentimentos e, é claro, histórias.