Parece filme, mas não é: a senhora de 82 anos que não quis vender sua casa nem por $1 milhão
Humanidade

Parece filme, mas não é: a senhora de 82 anos que não quis vender sua casa nem por $1 milhão

Dinheiro nenhum paga sua conexão com o lar.

Se você se emocionou com o filme Up! – Altas Aventuras, você vai adorar conhecer a história dessa senhora de 82 anos.

Na verdade, a história de Edith Macefield também chama atenção por sua simplicidade. Desde que se mudou da Inglaterra para os Estados Unidos ela sempre viveu na mesma casa, em Ballard, Seattle.

Mas com o passar dos anos, algo aconteceu em seu bairro…

awebic-edith-macefield-1

Fonte: dailymail.co.uk

Como inúmeros bairros de grandes cidades, Ballard recebeu muitos investimentos de infraestrutura e muitos prédios e lojas passaram a ser construídos na região.

Edith não se importava, mas então a especulação imobiliária passou a tomar conta dos negócios locais. Com muito dinheiro no bolso, as empreiteiras não economizavam para adquirir terrenos estratégicos.

awebic-edith-macefield-3

Fonte: dailymail.co.uk

E adivinhe quem tinha um desses terrenos: ela mesma, Edith.

Proposta após proposta, a decisão da senhora inglesa era sempre a mesma. A casa não estava à venda. O apego emocional com seu lar era tão grande, que a proposta de US$ 1 milhão não a fez mudar de ideia.

awebic-edith-macefield-4

Fonte: dailymail.co.uk

Mas negócios são… negócios.

Edith continuou em seu lar, mas a vizinhança não parecia ter a mesma ligação com o bairro. Uma construtora garantiu os direitos de construir ao redor do terreno de Edith, e o resultado você pode ver nas fotos abaixo.

awebic-edith-macefield-5

Fonte: dailymail.co.uk

Só que isso foi apenas o começo

Se no filme nós somos presentados com uma boa história de amizade, na vida real não foi muito diferente. A construção do prédio em torno da casa de Edith fez nascer uma amizade improvável com o chefe da obra Barry Martin.

awebic-edith-macefield-6

Fonte: dailymail.co.uk

Barry ajudava a senhora com as medicações e até fazia compras no supermercado. A proximidade dos dois era tanta que foi ele quem percebeu que sua amiga estava perdendo peso muito rápido e a levou para o hospital.

O problema estava sendo causado por um câncer no pâncreas, o que infelizmente fez com que Edith falecesse em 2008 aos 87 anos.

Antes de partir, Edith escreveu um testamento que deixava a casa para o amigo Barry.

awebic-edith-macefield-2

Fonte: dailymail.co.uk

A história de Edith é uma grande inspiração em Seattle

Se você gostou de conhecer a história de Edith e Barry, não hesite: mande para seus amigos.

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo