Passageira leva motorista do Uber ao Rio para ver filho na Olimpíada
Humanidade

Corrente do bem leva motorista do Uber ao Rio para ver filho competir na Olimpíada

Esta é uma daquelas histórias que fazem a gente acreditar de novo na bondade e na generosidade das pessoas.

Elis Hill é um motorista aposentado que trabalha como motorista do Uber para conseguir pagar as contas no fim do mês.

Em uma dessas viagens, na Filadélfia, Estados Unidos, ele transportou uma moça chamada Liz Willock.

Papo vai, papo vem, eles começaram a conversar sobre as Olimpíadas no Rio de Janeiro (pensou que era só aqui que o assunto iria dominar todas as conversas?).

E, para surpresa de Liz, ela soube que o filho de Ellis, Darren Hill, está na equipe de Atletismo dos Estados Unidos.

liz e ellis

Ellis (dir.) e sua benfeitora, Liz

Ellis estava bastante triste porque não poderia ver o filho competir. Para ele, uma viagem para o Brasil estava completamente fora das suas possibilidades. Cheio de orgulho por Darrell, ele conta a todo passageiro que transporta sobre o filho que vai a uma Olimpíada.

Liz ficou bastante tocada pela história. E decidiu ajudar.

EUGENE, OR - JULY 01:  Darrell Hill participates in the Men's Shot Put Final during the 2016 U.S. Olympic Track & Field Team Trials at Hayward Field on July 1, 2016 in Eugene, Oregon.  (Photo by Patrick Smith/Getty Images)

Darrell Hill em ação pela equipe americana de atletismo

“Foi devastador ouvir aquilo. Ali estava um pai que tem um relacionamento tão próximo do filho e sabemos como qualquer pai e mãe gostaria de ver um filho ou uma filha competindo nas Olimpíadas, mas era completamente compreensível que estivesse fora do alcance dele”, disse Liz.

Ela trabalha em uma companhia que tem contatos no Brasil, e tentou conseguir as passagens para Ellis através da empresa, mas não funcionou.

Então, ela sugeriu ao a Darrell que abrisse uma conta em um site de financiamento coletivo. E assim começou uma campanha para arrecadar dinheiro para levar o motorista aposentado ao Rio de Janeiro!

A campanha no site GoFundMe começou em 28 de julho passado. O plano era conseguir cerca de 7 mil dólares para os custos da viagem, de passagens a hospedagens e alimentação.  A história logo viralizou e acreditem: em apenas dois dias a meta foi alcançada!

“E aí? Alguém acabou de doar U$1.545 para a minha campanha de financiamento coletivo. Quase chorando aqui. Deus é tão bom!”.

À rede de TV americana NBC, Ellis Hill disse que “É uma coisa ótima quando as pessoas se unem dessa forma [por uma causa comum], e é uma uma grande oportunidade”.

Um advogado que foi atleta a vida inteira se comoveu e doou cerca de U$1.600 para a causa. A empresa onde Liz Willock trabalha não pôde pagar as passagens, mas arranjou o transporte terrestre na Filadélfia e no Rio de Janeiro até o hotel.

Até o Uber, quando soube da história, doou um crédito para Ellis para que ele pudesse andar à vontade na cidade maravilhosa.

E para coroar tudo isso, o Uber ainda deu um vale-presente no valor de 250 dólares para que Ellis Hill pudesse jantar em um restaurante chique do Rio. Agora, tudo o que o motorista aposentado precisava era conseguir os ingressos para assistir à competição de seu filho.

“Não vejo meu filho há meses por causa dos treinamentos”, Ellis contou à revista People. “Mal posso esperar para vê-lo e mostrar a ele que estou 100% do seu lado.”

Com toda essa rede do bem ajudando pai e filho, alguém tem dúvida de que esse reencontro será emocionante?

Darrell Hill faz sua participação com a equipe de atletismo americana no próximo dia 18 de agosto.

Fonte: huffingtonpost.com.

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo