A foto viral de um pai calmo e uma criança berrando traz uma lição valiosa
Cultura

A foto viral de um pai calmo e uma criança berrando traz uma lição valiosa

Filhos nem sempre escolhem os melhores momentos para terem um ataque de birra.

Patrocinado:

Basta perguntar para qualquer pai e mãe!

Mercados, shoppings, restaurantes, ou qualquer outro lugar que esteja cheio de gente, parece que ativa o “birrômetro” de uma criança, deixando os pais mortos de vergonha.

A pergunta é: qual o propósito de ficar com vergonha se todas as crianças fazem isso?

O ator Justin Baldoni compartilhou recentemente uma foto de sua filha e uma lição importante que ele aprendeu de seu próprio pai durante os momentos de ataque.

Baldoni, conhecido pelo seu papel na série Jane the Virgin, compartilhou uma foto que sua esposa, Emily, tirou enquanto a família estava no mercado.

Na foto, Baldoni e seu pai olham para a filha do ator, Maiya. Ela está chorando e se debatendo no chão.

O corpinho dela indica que ela está em um daqueles momentos terríveis.

Os dois homens estão calmos. Parecem até que estão meio que se divertindo com a situação, mas não zombando da garotinha.

O importante é que eles parecem não se preocupar com a birra da garota e, tampouco, com as pessoas ao redor.

Aliás, se você reparar, nem mesmo as pessoas ao redor parecem notar a situação.

Quando Baldoni postou a foto em seu Facebook, ele se lembrou que o pai dele costumava fazer isso quando ele mesmo tinha ataques de birra e como isso o ajudou a se transformar no homem que é hoje.

birra

“Meu pai sempre me deixou sentir o que eu precisava sentir, mesmo que fosse em público e vergonhoso”, escreveu.

E continuou:

“Não me recordo dele dizer ‘você está me deixando com vergonha’ ou ‘Pare de chorar’. Eu só percebi o quão valioso isso foi para o meu desenvolvimento emocional recentemente. Nossos filhos estão aprendendo e processando tanta informação e não sabem o que fazer com todos os sentimentos que surgem.”

“Tento me lembrar de fazer com que minha filha saiba que ter sentimentos intensos é normal. Não é vergonhoso quando ela tem ataques de birra no mercado ou começa a gritar em um avião.”

“Sou o pai dela, não o seu.”

“Não tenhamos vergonha de nossos filhos. Não reflete em você. Na verdade, deveríamos ser mais gentis e pacientes com a gente mesmo.”

birra

“Se tivéssemos colocado para fora tudo o que sentimos, nos permitido ter ataques de birra e chorar quando tivemos vontade, talvez conseguiríamos ser mais felizes também. E isso é algo que o mundo definitivamente precisa.”

A foto, que Baldoni diz ser uma de suas favoritas, mostra o exemplo na prática.

Há muita pressão em homens e mulheres para que sejam pais perfeitos em todas as situações. Mas, ser perfeito não significa que seu filho não vai ficar com raiva, frustrado ou confuso.

Como escreveu o ator, crianças estão começando a aprender e a explorar os limites do mundo. Obviamente haverá um emaranhado de emoções quando encontrarem coisas e situações que não compreendem.

O importante é que não os ensinemos a esconder esses sentimentos ou deixa-los com medo do ridículo, o que poderá assombrá-los quando se tornarem adultos.

Trabalhar sentimentos, e até dar aquela boa aliviada no peito chorando no meio do mercado, é importante para que aprendam.

A saúde emocional de nossos filhos certamente vale alguns olhares tortos de pessoas que nunca mais encontraremos na vida.

Fonte: upworthy.com.

Pense nisso!

Compartilhe essa história com seus amigos papais e mamães!

Leia mais publicações em Awebic.com.

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo