Homem Ambulância leva pacientes para hospital distante por conta própria
Humanidade

Homem Ambulância leva pacientes para hospital distante por conta própria

Karimul Haque, um humilde plantador de chá da Índia, é o maior herói da pequena cidade onde vive.

Seu ato humanitário tem tanto valor que o homem já foi até condecorado pelo presidente do país por suas atitudes.

Conhecido como “O Homem Ambulância”, a missão especial de Karimul é transportar pacientes emergenciais ao hospital por sua própria conta.

Tudo começou quando Karimul perdeu sua mãe por falta de atendimento médico na vila em que mora.

Após a fatalidade, ele se dedicou a prestar esse serviço aos moradores do local em sua moto financiada.

Hoje, ele é mais que um motoqueiro bom samaritano: ele traz esperança aos moradores pobres e desamparados da vila, dando a eles o melhor dos presentes: a chance de sobreviver.

De homem comum a salvador da pátria

Karimul não mede esforços para resgatar e levar ao hospital seus companheiros que estão doentes e moribundos, gratuitamente, em sua motoambulância.

Nosso herói de 50 anos trabalha para uma empresa de plantação de chá na cidade de Jalpaiguri, na Índica, e seu salário é de 75 dólares por mês (pouco menos que R$ 240,00).

Seu trabalho como Homem Ambulância é tão importante que, quando ele está trabalhando e recebe uma chamada de emergência, ele tem a autorização de seu gerente para sair e atender ao paciente em necessidade.

Karimul vem atendendo seus companheiros que precisam de atendimento médico há 14 anos, ou seja, desde que sua mãe faleceu por não conseguir atendimento médico a tempo.

“Perdi minha mãe porque não consegui levá-la ao hospital a tempo. Não quero que ninguém mais passe por isso. Foi assim que a ideia de ter uma ambulância gratuita surgiu”, conta Karimul.

“Há apenas um hospital do governo em minha cidade que oferece primeiros socorros e remédios para doenças mais simples. Por isso, viajamos, frequentemente, 45 km para chegar à cidade”, completou.

A motoambulância

Karimul comprou sua moto e está lutando para pagar o financiamento todos os meses, além de ter de se virar para fazer com que o veículo esteja sempre abastecido e funcionando para cumprir sua missão.

Em um ato de gratidão, algumas pessoas angariaram doações para ajudá-lo a pagar as parcelas de seu financiamento.

Agora, com sua renda, Karimul consegue pagar pelo combustível, comprar remédios e suprimentos para os primeiros socorros e, ainda, cuidar de sua família.

“Recebo doações de professores, policiais e, às vezes, estudantes também. Isso me ajuda a financiar o tratamento aos necessitados”, disse.

Todos os meses ele transporta aproximadamente 100 pacientes ao hospital em sua motoambulância e, em alguns casos, ele usa um carrinho engatado à moto.

Aproveite sempre a oportunidade de ajudar alguém!

Uma pequena boa ação resulta em benefícios à humanidade. Não importa o quão comum ela seja, pode, certamente, trazer uma mudança benéfica à vida de alguém.

Compartilhe essa história inspiradora com os seus amigos.

Fonte: ntd.tv

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo