Humanidade

Herói da 2ª Guerra morre dois dias após levar neta ao altar

Um herói de guerra polonês completou sua última missão — caminhando com sua neta até o altar.

O noivo lutou contra as lágrimas ao ver sua noiva caminhando pela igreja com o avô, antes de agradecê-lo com dois beijos na bochecha.

O casal foi então abençoado em uma cerimônia em Bialystok, perto da fronteira da Polônia com a Bielorrússia.

Dois dias depois, Bronislaw Karwowski morreu aos 94 anos de idade. No vídeo do casamento, está claro que Karwowski está doente, mas ele se esforça para realizar seu dever uma última vez.

Herói de guerra leva neta ao altar (2)

Grom, como era chamado, levou orgulhosamente sua neta, Joanna, para a igreja no dia de seu casamento decorado com toda a regalia militar, ostentando suas muitas medalhas.

Um grande veterano

Herói de guerra leva neta ao altar (1)

Karwowski foi um dos veteranos poloneses mais condecorados da Segunda Guerra Mundial.

Ele fazia parte da resistência polonesa contra o domínio nazista e participou da Revolta de Varsóvia.

Após ser capturado, ele escapou da sede da Gestapo em Lomza, no norte da Polônia, mas foi preso novamente.

Ele também era um adversário do governo comunista na Polônia e foi condenado a uma década de prisão por seus esforços em resistir ao regime autoritário que se seguiu à Segunda Guerra Mundial.

Herói de guerra leva neta ao altar (4)

Karwowski recebeu mais tarde a Cruz de Cavaleiro da Ordem do Renascimento da Polônia por seus serviços à nação polonesa.

Em sua morte, as Forças Armadas Nacionais Polonesas escreveram um post nas redes sociais que anunciava sua morte.

Um comunicado dizia:

“Lamentamos anunciar que hoje, em 1º de setembro de 2018, no 79º aniversário do ataque da Alemanha à Polônia, herói nacional e insurgente da Revolta de Varsóvia em 1944, o major Bronislaw Karwowski se retirou para a eterna guarda. Ele tinha 94 anos.”

Leia:  Uma pergunta semelhante é feita para pais e seus filhos. A diferença é um tanto impressionante!

“Ele foi premiado com a Cruz de Cavaleiro da Ordem do Renascimento da Polônia, a Cruz de Prata do Mérito com Espadas, a Cruz da Ação Armada Nacional e muitos outros.”

Herói de guerra leva neta ao altar (3)

A Polônia sofreu muito na Segunda Guerra Mundial, perdendo cerca de 6 milhões de pessoas, de longe o maior número de mortes como porcentagem da população. Estima-se que quase 20% de todos os poloneses tenham morrido na guerra.

As forças armadas polonesas se reconstituíram quando seu país foi invadido e passou a desempenhar um papel importante na batalha contra os nazistas ao lado do Reino Unido e dos EUA

A Revolta de Varsóvia de 1944, na qual Branislaw Karwowski participou, foi um dos mais ousados ​​atos de resistência aos nazistas e viu quase 50 mil combatentes poloneses temporariamente removerem os alemães de partes do centro de Varsóvia antes que ele fosse esmagado.

Compartilha esta bela história com seus amigos!