Mãe faz ensaio de filha com 205 seringas que usou durante a gestação
Humanidade

Mãe faz ensaio de filha com 205 seringas que usou durante a gestação

À primeira vista, essa chamada pode causar espanto, mas é mais uma história de superação com um final feliz.

A empresária Aurilane de Oliveira, de 31 anos, recebeu uma dura notícia 5 anos atrás.

De acordo com o diagnóstico médico, a empresária de Rio Branco, descobriu que era portadora de endometriose.

Após ser diagnosticada, a empresária passou por uma cirurgia, porém, como acontece em 40% das mulheres portadoras de endometriose, Aurilane não conseguia engravidar.

A notícia esperada

Cerca de um ano depois da cirurgia e após inúmeras tentativas, finalmente, em 2013, Aurilane descobriu que estava grávida.

No entanto, sua felicidade durou pouco: algumas semanas depois perdeu o bebê devido à trombofilia, uma alteração na coagulação do sangue que favorece o entupimento das veias.

A segunda vez

Ao engravidar pela segunda vez, Aurilane já sabia de sua condição e, por isso, assim que recebeu a notícia da gravidez, começou um tratamento com uma medicação anticoagulante, o qual durou toda a gestação.

A empresária tomou uma injeção por dia, totalizando 205.

É claro que isso não é nada em comparação ao prêmio final.

O ensaio de Hellena

E ela chegou: Hellena, essa bebê linda e saudável está nos braços da mãe e encantando a internet com tamanha fofura.

“A segunda gravidez, já com o conhecimento da síndrome, iniciei o tratamento com as injeções. Eu já tinha visto uma foto há muito tempo e resolvi guardar as seringas para fazermos as imagens do ensaio. Foram usadas 205 seringas. Foi muito emocionante quando vi os cenários, não imaginava que ficaria tão bonito”, relata.

E Aurilane tem razão. Ao ver a pequena de apenas 23 dias tão perfeita, é certo de que a mamãe de primeira viagem faria tudo novamente.

A empresária relembra a trajetória de sua gravidez:

“no tratamento, para a gente que está carregando, cada dia era uma vitória. Eu matava um leão por dia. É uma dádiva muito grande conseguir ter nossa filha, que veio com um estado de saúde perfeito. Tenho só que agradecer”, acrescenta.

Glória Marie, a fotógrafa que assina o ensaio, também ficou emocionada e satisfeita com o resultado do ensaio:

“Com a Hellena foi muito especial, já que ela para estar entre nós necessitou de um esforço maior e superação da sua mãe. A Aurilane tinha sido fotografada por mim na gestação. As seringas fazem parte da sua história, nada mais justo fazerem parte do cenário”, finaliza a fotógrafa.

O amor de mãe é o combustível que capacita um ser humano comum a fazer o impossível.

Que tal compartilhar essa história de superação com seus amigos?

Fonte: g1.globo.com

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo