Humanidade

Uma chamada como você nunca viu: professor elogia alunos no início das aulas

Um dos professores da escola Mainspring Academy, na cidade de Jacksonville (Flórida, EUA), resolveu inovar no jeito de fazer chamada, no início das aulas.

Em vez de chamar apenas o nome de cada aluno, Chris Ulmer os convida para ir a frente da sala e parabeniza cada um por suas diversas habilidades.

Eu gosto de ter você na minha classe. Eu acho que você é muito engraçado. Você é um grande jogador de futebol. Todos aqui amam você”, diz o professor em determinado momento do vídeo a um dos oito garotos com necessidades especiais que são atendidos pela escola.

Cada um dos elogios é personalizado. Diariamente os alunos são expostos a sentimentos que elevam sua auto-estima. São apenas 10 minutos de estímulo que fazem a diferença.

Quem diria que uma sala de aula poderia fazer tão bem?

Clique no play para ver o professor em ação.

(O vídeo não tem legendas em português, mas vale ver como é a experiência.)

https://www.youtube.com/watch?v=5ZXNqraH2Og

O professor se abriu no Facebook:

Como um professor de alunos especiais, eu tenho estudantes com diversos tipos de condições, mas todos eles têm uma coisa em comum: eles são puros. Eles representam o amor e tudo o que há de certo nesse mundo. Mas mesmo assim, parece que 99% da sociedade não consegue enxergar isso.

chris-ulmer12

Para tentar mudar isso, ele também criou o projeto Special Books by Special Kids (“Livros especiais por crianças especiais”, em tradução livre), também no Facebook, que mostra o potencial dessas crianças e muda a terrível crença de que elas são fardos sociais.

chris-ulmer10

Por meio de vídeos e imagens dessas crianças, o professor tenta mostrar como cada uma delas é especial e cativam só por serem elas mesmas. Tudo com o consentimento dos pais, que apoiam a iniciativa.

Leia:  Ele foi cantar pelo irmão falecido; No final fez uma das apresentações mais emocionantes do programa

A intenção, segundo Ulmer, é mostrar para as crianças que ali elas não são julgadas ou limitadas por suas doenças, mas livres para mostrarem o seu melhor.

chris-ulmer8

Por meio de apresentações escolares, os alunos mostram para si mesmo, para outros estudantes e para seus próprios pais o quanto são capazes e isso provoca um ambiente de aceitação.

chris-ulmer7 chris-ulmer6

“Todos eles vieram de um ambiente de segregação. Agora eles estão participando de atividades escolares, interagindo na frente de centenas de outras crianças”, disse o professor em entrevista ao site da rede ABC.

chris-ulmer4 chris-ulmer3 chris-ulmer2 chris-ulmer-interna

Fonte: facebook.com/specialbooksbyspecialkids.

O que você achou dessa iniciativa?