Internautas ajudam rapaz a encontrar antigo amigo de guerra de seu pai
Humanidade

Internautas ajudam rapaz a encontrar antigo amigo de guerra de seu pai

Em plena era da revolução tecnológica, não é de se espantar inúmeros acontecimentos que se tornam realidade por meio do advento da internet.

Amizades que se constroem por meio da web, relacionamentos amorosos têm início em redes sociais e até a leitura deste artigo que antes só seria possível pelo meio impresso.

Apesar de tudo isso parecer muito normal, ainda acontecem coisas que nos deixam de queixo caído.

Um grande exemplo é a história do jovem Bryce Lacy, que decidiu realizar uma busca ao parceiro de guerra do seu pai após 40 anos sem notícias um do outro.

O rapaz resolveu movimentar seus contatos começando pelo Twitter:

“Hey, vocês todos poderiam retuitar isso? São o meu pai e seu velho melhor amigo quando serviram na Guerra do Vietnam juntos. Eu quero encontrá-lo.”

O surpreendente resultado foi o de quase 60 mil retuítes de pessoas do mundo inteiro: Coreia do Sul, Estados Unidos, Alemanha, China etc, etc, etc.

A princípio, seu pai não entendeu muito bem a excitação do filho, porque para ele era difícil compreender como um simples post no “limbo” da internet poderia movimentar tantas pessoas.

“Eu estava tentando explicar a ele quantas pessoas viram o tweet e começaram a procurar seu amigo. Ele ficou chocado. Ele não entende o Twitter.”, disse Bryce.

Bryce conta que seu pai nunca esqueceu o velho amigo chamado Kermit Powers, mesmo tendo perdido contato dele há 40 anos.

Após terem servido juntos na Guerra do Vietnam, eles trocaram cartas, mas, eventualmente, pararam de se falar.

A caça ao amigo sumido

Dada a largada, milhares de estranhos se ofereceram como detetives da internet em busca de informações sobre Powers.

Primeiro, alguém encontrou um obituário em que Powers estava listado como o filho de alguém que morreu em 2004.

Outra pessoa encontrou uma conta do LinkedIn que compartilhava o nome completo do homem, mas com algumas informações limitadas – exceto o local: Alemanha.

Baseando-se nisso, descobriu-se que a Alemanha tinha vários “Kermit Powers” como perfil nas redes sociais.

Foi então que alguém encontrou um perfil no Facebook cuja foto se parecia com a que Bryce havia postado.

“Eu o procurei no Facebook e mostrei para o meu pai, mas ele não tinha certeza”, conta ele.

Eles tentaram ligar para o número de telefone que constava no perfil, mas não obtiveram resposta.

A partir daí, as pessoas ficaram muito envolvidas com a busca e alguém sugeriu procurar pela família e amigos de Powers, pois a página dele não parecia ser “muito ativa” no Facebook.

Bryce e seu pai tiveram ajuda de um funcionário do governo dos Arquivos Nacionais, e foi sugerido que ele procurasse pelo banco de dados on-line dos registros militares.

Então, numa segunda-feira, Bryce recebeu uma mensagem no Facebook da conta “Kermit Powers”.

Powers escreveu que ele também estava procurando por Charles (seu pai) há mais de 40 anos.

“Por favor, peça para ele me chamar no Skype ou me mandar um e-mail. Eu o estive procurando durante 40 anos. Eu não acredito nisso. Obrigado, eu vou ficar esperando. Kermit Powers.”

Eles trocaram Skype e e-mail.

Bryce ficou chocado com a generosidade de estranhos na internet.

“As pessoas são muito legais. Fiquei surpreso com como as pessoas foram bacanas.”

Quando contou ao pai que havia encontrado seu amigo, ele ficou surpreso!

“Minha mãe terá que baixar o Skype para que eles possam conversar”, acrescentou Bryce.

Um outro amigo de guerra… será que a internet resolve esta?

Bryce disse que, na breve chamada de vídeo com Powers, ele mencionou um terceiro amigo (foto abaixo), mas nenhum deles se lembrava do seu nome.

“Ambos o chamavam de “Randall”. Meu pai disse que era o sobrenome do cara.”

Quando a internet se une em torno de causas do bem, coisas incríveis acontecem

Compartilhe essa história, quem sabe a gente não encontra o tal do Randall também?

Fonte: buzzfeed.com

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo