Educação

Veja como aprender de forma 50% mais eficiente com a ‘repetição espaçada’

Você tem dificuldade para se lembrar do que acabou de estudar para uma importante prova ou gostaria de melhorar a sua forma de reter informação?

Uma técnica chamada de “repetição espaçada” é cientificamente comprovada para aumentar a aprendizagem e retenção de informação de até 50%, de acordo com B. Price Kerfoot, professor de cirurgia da Escola Médica de Harvard.

Essencialmente, repetição espaçada implica deixar mais tempo e lacunas mais longas entre a apresentação das informações.

Na década de 1970, o escritor e comentarista social Sebastian Leitner desenvolveu o Sistema de Leitner.

Neste sistema, as informações são apresentadas em pedaços de papel ou cartões (chamados de flashcards), até que o aluno demonstre que tenha memorizado esse conceito particular.

Como utilizar este sistema?

Palavras-chave ou teoria

Comece escrevendo palavras-chave em um lado do cartão. Cada pedaço de informação deve fazer sentido, mas tente restringir-se a um conceito chave ou teoria por cartão.

Questões para testar o seu conhecimento

No outro lado do mesmo cartão, escreva uma questão referente à palavra chave ou teoria escolhida para testar o seu conhecimento.

Por exemplo, se estiver querendo aprender vocabulário inglês, você pode simplesmente escrever a palavra inglesa de um lado e a tradução do outro.

Cada cartão deve ter uma pergunta e uma resposta. Você pode testar a si mesmo, ou se você tiver um parceiro de estudo, melhor ainda.

Como montar?

Nesse sistema, você pode usar várias caixas como na figura abaixo ou uma única caixa com várias divisórias.

Depois que você já decidiu quais matérias serão estudadas, coloque todos os seus cartões preenchidos na caixa 1.

Pegue cada cartão da caixa 1 e tente responder a pergunta. Se você acertar a resposta, coloque o cartão na caixa 2. Se você errar, deve colocá-lo de volta na caixa 1.

E da mesma forma, os cartões da caixa 2 que você acertou a resposta, devem seguir para a caixa 3 e todos os cartões com as respostas erradas sempre voltam para a caixa 1. E assim sucessivamente até chegar à última caixa.

Período de intervalo

Uma coisa importante em relação ao sistema de repetição espaçada de Leitner é o tempo que você leva para percorrer todas as caixas. Você pode adaptar o tempo que quiser, bem como a quantidade de caixas.

Por exemplo:

Vamos supor que você está usando 3 caixas: a caixa 1 pode ser diária, a caixa 2 você acessa a cada 3 dias e a caixa 3 a cada 7 dias.

Leia:  10 razões para você praticar a arte da respiração Pranayama agora mesmo

Agora, aqui está a parte realmente importante: você não pode esquecer de colocar na caixa 1 todos os cartões com os assuntos que não acertou ao longo do estudo.

Para o sistema funcionar

O truque para fazer esse sistema funcionar é percorrer os cartões na caixa 1 com mais frequência do que as caixas “mais elevadas”.

Em outras palavras, você precisa ter certeza de que você está revendo, retestando e reaprendendo o material com o qual você é menos familiar.

Isso significa que o seu tempo de aprendizagem é utilizado de forma eficiente, porque você se dedica mais tempo nas suas áreas mais fracas, em oposição ao conteúdo com o qual você já está confortável.

Crédito: maisinteligente.com.br.

Este sistema elimina a tentação de recapitular informações que você já sabe e obriga você a enfrentar as questões que acha mais difícil.

Quem vai decidir a frequência com a qual você irá rever as perguntas em cada caixa é você.

Apenas se certifique em mover os cartões com as perguntas respondidas corretamente para a próxima caixa e aquelas que você errou, devem voltar para a caixa 1.

E quanto mais tempo proporcional você gastar com o material da caixa 1, enquanto recapitula os cartões das outras caixas – este sistema irá funcionar para você.

Método de Educação Espaçada

Lembra do professor de cirurgia Price Kerfoot? Ele criou um método adaptado da repetição espaçada para testar com seus próprios alunos: a Educação Espaçada.

Nesse estudo de 2007, os alunos receberam e-mails semanais com as questões de múltipla escolha da matéria de urologia. Dr. Kerfoot misturava sempre material novo com lições já vistas.

No final do ano, 95 de 113 estudantes que receberam os e-mails espaçados pontuaram significativamente mais alto no teste de conhecimento em urologia.

Desde esse estudo, o professor avaliou a eficácia desse método a uma variedade de outros tópicos que os médicos em treinamento precisam aprender e em cada caso, as informações espaçadas entregues aos alunos em seus dispositivos ajudou-os a recordar informação muito melhor.

Por que não tentar repetição espaçada na próxima vez que você tiver uma longa lista de fatos para memorizar?

Fontes: lifehack.org, time.com.

Compartilhe com os seus amigos!