Educação

Criança escreve poema contando perfeitamente como é viver com autismo

Benjamin Giroux, de 10 anos, teve como trabalho de casa escrever um poema e decidiu usar essa oportunidade para mostrar como é viver com autismo.

O garoto sempre se sentiu diferente quando se comparava aos seus colegas.

Por mais que desejasse ser tratado da mesma forma por todos, Benjamim se sentia fora do lugar.

No poema intitulado “Eu sou”, Benjamim tenta ilustrar como é a sua vida.

Só ao ler você vai entender porque o pai dele, Sonny, se emocionou tanto:

Garoto com autismo escreve poema para expressar seus sentimentos 1

“Eu sou estranho, sou novo.
Eu me pergunto se você é também
Ouço vozes no ar
Eu vejo e você não, isso não é justo.
Eu quero não me sentir triste

Eu sou estranho, sou novo
Eu gostaria que você fosse também
Eu me sinto como um garoto fora do espaço
Eu toco as estrelas e me sinto fora de lugar
Eu me preocupo com o que os outros devem pensar
Eu choro quando as pessoas riem, me faz encolher

Eu sou estranho, sou novo
Eu entendo agora, você também
Eu digo: “Eu me sinto como um náufrago”
Eu sonho com o dia em que está tudo bem
Eu tento me encaixar
Eu espero que algum dia eu consiga
Eu sou estranho, sou novo”

Garoto com autismo escreve poema para expressar seus sentimentos 2

Sonny contou ao Huffington Post que ele e a esposa ficaram de coração partido pela forma como o filho se sentia:

“Nós dois estamos muito orgulhosos, e ainda de coração partido, que era como ele se sentia.”

O poema viralizou na internet depois que a Associação Nacional de Autismo publicou em sua página no Facebook com a mensagem de que “somos todos estranhos” também, em apoio ao menino.

Leia:  A blusa favorita da filha autista parou de ser feita, então a mãe pediu ajuda no Facebook

O que você sentiu ao ler o poema? Comente e compartilhe sua opinião com a gente.

Fontes: Shareably, HuffPost.