Economia

Vilarejo da Sardenha, na Itália, está vendendo casas por UM EURO

Não deve ser a primeira vez que você vê uma notícia como esta: casas à venda na Itália por apenas € 1 euro.

As manchetes são tão recorrentes que parece ser a mesma cidade, mas na verdade não é; ou melhor: não são.

Há alguns anos, vários vilarejos italianos localizados em regiões carentes da Sicília, Sardenha, Toscana e Abruzzo têm recorrido à compra de casas abandonadas para, em seguida, buscarem investidores que possam reformar os imóveis, reabitá-los ou transformá-los em comércio.

É um projeto do governo chamado “Case a 1 euro” (Casas a 1 euro).

Normalmente, são regiões com pouca infraestrutura, localização remota e economia fraca (entenda melhor lendo a experiência de um brasileiro com a compra de uma “casa a 1 euro” na Sicília).

E é justamente por esse motivo que, vira e mexe, descobrimos comunes como Ollolai.

Com cerca de 1.300 moradores, esse vilarejo fica na região de Barbagia, na Sardenha – a encantadora ilha banhada pelo Mar Tirreno.

Dessa vez, a proposta do prefeito é que o comprador comprometa-se a investir na reforma do imóvel em um prazo de no máximo três anos – um valor estimado em R$ 80 mil, aproximadamente.

O governo espera que as vendas ajudem a preservar a história da cidade e, quem sabe, movimentar sua economia, atraindo mais moradores dispostos a investir tempo e dinheiro no local.

“Minha missão é resgatar nossas tradições únicas para que não caiam no esquecimento. O orgulho no passado é a nossa força. Sempre fomos pessoas fortes e não permitiremos que nossa cidade morra”, diz o prefeito Efisiu Arbau.

Os detalhes sobre o projeto em Ollolai estão – em italiano – no site casea1euro.it.

Conhece alguém com planos de se mudar pra Itália e que possa gostar dessa ideia? Compartilhe!

Fonte: thisisinsider.com.

Leia:  25 mitos populares desmascarados