Cultura

Homem negro dá a melhor resposta a racismo de mulher em aeroporto

Você certamente já encontrou pessoas mal educadas em inúmeras filas de serviços por aí, mas o que o executivo de música norte-americano Emmit Walker passou, está longe de ser apenas isso.

Emmitt relatou em seu Facebook a situação que passou na terça-feira, dia 5 de novembro.

Ele aguardava na fila do aeroporto da cidade de Arlington, EUA, quando uma mulher atrás dele duvidou que realmente fosse viajar na primeira classe.

racismo em aeroporto

Confira a tradução do diálogo:

racismo em aeroporto

Ela: “Me desculpe, eu acredito que você pode estar no lugar errado. Deixe a gente passar. Esta fila é para o embarque preferencial.”

Eu: “Preferencial quer dizer primeira classe, correto?”

Ela: “Sim… Agora, com licença, eles vão te chamar depois que embarcarmos.”

Eu: “*Enfiando o bilhete de embarque de primeira classe na cara dela* Você pode relaxar, senhora, eu estou no lugar certo, estou aqui há mais tempo, então você pode embarcar depois de mim.”

Ela: “*Sem desistir* Ele deve ser militar ou algo assim, mas nós pagamos por nossos assentos então ele ainda assim devia esperar.”

racismo em aeroporto

Eu: “Não, [sou] muito grande para estar no exército. Sou apenas um negro com dinheiro.”

Emmitt contou que foi aplaudido pelas pessoas que esperavam na fila e também pela Internet a fora, mas a história dele também gerou comentários e discussões do que é ou não discriminação racial.

Há quem diga que não foi nada demais.

A partir do momento que alguém supõe e diz que aquele não é o seu lugar pura e simplesmente por você ser quem é –
pela sua cor, condição financeira, aparência, deficiência – temos sim, discriminação e nesse caso, racismo.

Leia:  28 fotos espetaculares de faróis ao redor de mundo (a #3 até parece mentira!)

O preconceito precisa acabar! Compartilhe essa história com os seus amigos.

Fonte: boredpanda.com. Imagens: Emmit Walker|Facebook