in , ,

Psicólogos afirmam que ser fã de Harry Potter te torna uma pessoa melhor

A maior e mais importante magia que Harry Potter realizou não tem nada a ver com a sua varinha, e sim com o seu legado.

De acordo com a ciência, a saga Harry Potter não só serviu para entreter toda uma geração, como também ajuda a acabar com preconceitos.

Um estudo publicado no “Journal of Applied Social Psychology” afirma que os jovens que são fãs da história do bruxinho, são menos propensos a prejudicar grupos minoritários.

Ou seja, acompanhar a saga pode nos tornar pessoas melhores.

Nem todo mundo percebe, mas a história de Harry Potter aborda temas como tolerância, coragem e fazer o que é certo.

JK Rowling inclusive se inspirou em fatos históricos reais para criar os livros, mas de forma sutil.

Os comensais da morte, por exemplo, podem ser comparados com grupos nazistas e ao Klu Klux Klan, utilizando capas para se manterem anônimos e com toda a sua obsessão pela pureza de sangue.

Além de terríveis, os comensais da morte são hipócritas e covardes — e assim como os nazistas, acabam sendo derrotados.

Esse grupo mostra aos leitores o quão perigoso pode se tornar o pensamento radical.

Os livros também retratam a importância da gentileza e como até mesmo os pequenos atos de coragem fazem grande diferença.

Ao longo da série, Harry, mesmo sendo praticamente uma celebridade no mundo da magia, lida com personagens que pertencem a grupos diferentes e trata todos da mesma forma.

A personagem Hermione Granger pode nos ensinar muito também. Ela é filha de pessoas comuns, mas mesmo assim é uma bruxa.


Recomendamos para você:

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Raposa dócil demais para a natureza passa a viver com os humanos

12 pessoas teimosas que não quiseram vender suas casas de forma alguma