Faber Castell quer criar o maior desenho colaborativo do mundo
Cultura

Faber Castell lança desafio para criar o maior desenho colaborativo do mundo

Dez quilômetros.

Essa é a marca que a Faber Castell, a empresa dona da maior fábrica de ecolápis do Brasil, espera bater em sua primeira participação no maior evento de cultura pop e geek da América Latina, a CCXP 2016, e garantir sua entrada para o livro dos recordes, o Guinness World Records.

Mas, afinal, o que a Faber Castell e o universo geek têm em comum?

A gerente de marketing e vendas das linhas Art & Graphic e Prime da empresa, Rosângela Servidoni, explicou como surgiu a ideia do projeto e como a Faber Castell se encaixa no mundo geek.

“A Faber Castell trabalha com criatividade há muito tempo e, quando se fala em criatividade, nada melhor do que estar no mundo geek”.

fabercastell009

“Em nossa primeira participação no evento, trouxemos esse projeto para mostrar que qualquer pessoa pode ser criativa e consegue fazer trabalhos maravilhosos, porque a criatividade é inata no ser humano”, completou.

Projeto Desenho Épico

fabercastell002

Seguindo o mote do evento, a empresa batizou o projeto de Desenho Épico, provando que, mesmo com 255 anos e super tradicional, a Faber Castell está de olho nas tendências.

A ideia do maior desenho colaborativo do mundo teve como desafio fazer com que todos os participantes trabalhassem juntos e com um mesmo objetivo, pois as regras para ser inserido no Guinness são bastante rígidas.

fabercastell005

“O desenho segue todo um roteiro do Guiness: precisa ter padrão, ser contínuo, precisa ser filmado 24 horas e temos testemunhas que não têm ligação nenhuma com a empresa a cada 4 horas para acompanhar a produção. Temos também um auditor preparado para acompanhar todo o processo e, a partir daí, podemos submeter o projeto para ganharmos o título”, acrescentou Rosângela.

A gerente ainda explicou que o selo só é obtido após, no mínimo, 30 dias da entrega e análise de todo o material submetido.

fabercastell001

O que pode e o que não pode ser desenhado

Por causa das orientações e regras do Guinness, o desenho precisa seguir um certo formato, como explica o gerente de produtos Guilherme Almeida.

O tema escolhido foi a cidade, então, os 10 km vão formar uma cidade e as pessoas podem colaborar preenchendo com prédios, ruas ou adicionando elementos no céu e, até mesmo, fazendo intervenções”.

fabercastell008

“Como precisa ter continuidade, algumas coisas não podem constar do desenho: personagens licenciados, planetas, sol e lua. Nos dois últimos casos, só há um de cada”, completou Guilherme.

Com a palavra, os artistas do dia

O projeto recebeu uma aceitação muito boa do público, que chegou a formar filas e até receber senha para poder participar.

fabercastell006

Otto, de 10 anos, disse que achou a ideia interessante: “eu sempre desenho, achei a ideia interessante. Fiz uma serpente e uma mosquinha monstruosa”.

As amigas Lívia, de 18 anos, e Laura, de 14, concordam com o garoto: “a ideia de participar de algo que pode entrar para o Guinness é incrível!”.

E você? Gostaria de participar de um desenho colaborativo?

Deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar essa história de trabalho em equipe com seus amigos.

Dicas interessantes da web

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo