Aprenda a não fazer nada, de acordo com o conceito holandês Niksen
Corpo

Aprenda a não fazer nada, de acordo com o conceito holandês Niksen

Entre o conceito dinamarquês de conforto, o hugge, e o conceito sueco lagom, que incentiva uma vida equilibrada, muito se tem falado sobre os métodos nórdicos de estilo de vida.

De acordo com suas propostas, esses estilos prometem nos transformar em pessoas melhores.

Mas, se o seu problema não é encontrar a felicidade, mas sim, diminuir as pressões da vida, o caminho é seguir em direção à Holanda e experimentar o estilo niksen.

niksen

Niksen, por definição, é uma prática de redução de stress da Holanda, cujo significado literal é NÃO FAZER NADA, ou ficar ocioso.

Não fazer nada, neste caso, é “fazer algo sem um objetivo final, como ficar olhando a paisagem pela janela, ficar sentado olhando para o nada ou ouvir música”, como explica Caroline Hamming, coach do Centro CSR, uma organização dedicada a lutar contra o stress e a síndrome do burnout.

niksen

Em vez de ocupar a mente constantemente com o que você precisa fazer ou pular de uma tarefa para outra, niksen é a prática do desacelerar.

É uma repressão bem-vinda das expectativas da sociedade sobre trabalho e produtividade que permeia a cultura.

A parcialidade cultural contra o fazer nada é incentivada fortemente no idioma holandês.

O provérbio popular ‘Niksen is niks’, por exemplo, significa ‘fazer nada é não é bom para nada’. Outro provérbio diz ‘Doe gewoon normaal’ que, traduzido, significa “apenas seja normal”.

niksen

Na prática, é uma sugestão para se manter sempre ocupado – mas não muito ocupado; para descansar, mas não muito. Mas, sobretudo, para não ser preguiçoso.

Seja produtivo. Contribua.

Soa familiar? A cultura americana também incentiva o aumento da eficiência e da produtividade. A trabalhar mais que todas as outras pessoas.

“É uma palavra com uma conotação bem negativa,” Caroline Hamming afirma.

“Quando perguntamos aos outros na segunda-feira ‘como foi seu final de semana’, ninguém diz ‘fiz o mínimo possível’. Não é sexy”, conclui.

niksen

Mas o niksen é o extremo oposto dessa mentalidade. É a oportunidade de “não fazer nada voluntariamente”.

“Nossas vozes interiores sempre dizem ‘faça algo útil’”, diz Caroline. “Para você, sua família, para o mundo… então, o niksen é difícil de ser feito.”

A mentalidade hugge é bastante atraente, porque é sobre conforto. Mas niksen tem seu próprio apelo.

niksen

Hugge parece confortável, mas consome tempo e energia. Você tem que acender velas, comprar mantas e roupas adequadas e agregar outras pessoas para que haja conforto.

Se você é feliz com sua própria companhia e é mais introvertido e quieto, o niksen é bem mais a sua cara.

Niksen é parecido com consciência plena, uma expressão que tem sido abordada em incontáveis livros de autoajuda e artigos nos últimos anos.

Mas, diferentemente de consciência plena, niksen nada tem a ver com estar consciente do ambiente que o rodeia; é permitir-se à ociosidade e deixar a mente vagar por onde quiser, sem culpa ou expectativa.

“Niksen feito regularmente é importante para se manter saudável. É uma forma de recuperação e relaxamento mental, enquanto está acordado”, diz Caroline.

Os holandeses certamente não inventaram o “não fazer nada”. Filósofos e escritores já estão falando dos benefícios da prática há séculos.

Outras culturas têm experiências parecidas, por exemplo, o famoso dolce far niente, italiano, que significa “a doçura de não fazer nada”.

É preciso entender que niksen nada tem a ver com preguiça, e sim, um aproveitamento total das pausas da vida.”

niksen

“No mundo selvagem, a maioria dos animais não fazem nada durante dois terços de seus tempos”, afirma Caroline.

“Eles bocejam, olham para os lados, sentam e esperam o lanchinho chegar. Portanto, niksen é um estado natural de viver.”

Fonte: lifehacker.com

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo