Coca-Cola lança campanha no Ramadã contra preconceito
Cultura

6 estranhos são colocados para conversar numa sala escura. E quando a luz acende? Sem palavras!

Experimento social expõe o que é julgar pelas aparências. O resultado é de abrir nossos olhos!

Assuma: você julga pela aparência.

Calma. Eu também julgo. Na verdade todo mundo julga.

É natural do ser humano.

Quando nós olhamos para alguém pela primeira vez, em instantes, nós julgamos pelo que vemos.

Nós usamos memórias para definir quem é o estranho que está na nossa frente — e nós nem paramos para perceber que não conhecemos a história dessa pessoa, o caminho que ela passou e as dificuldades que enfrentou.

Pois é, a sociedade tem dessas.

E se a primeira vez que você conhecesse outras pessoas fosse no escuro?

Imagine a situação: você está numa sala escura com outras pessoas que nunca viu na vida. Vocês começam conversar. Você passa a criar uma imagem mental de como essas pessoas são.

Assim fica mais difícil julgar, né? E, vamos abrir o jogo, faz muito mais sentido “definir” o outro pelo que ele diz do que pelo que ele aparenta ser.

A Coca-Cola criou uma campanha com este ambiente. Seis estranhos são colocados numa sala escura e começam a conversar. Em seguida eles precisam adivinhar como cada um se parece.

Nas palavras da fabricante de refrigerantes:

“São necessários 7 segundos para criar um preconceito baseado na aparência de uma pessoa. Por isso convidamos seis estranhos para se olharem em uma luz diferente. Veja o que eles descobriram e como isso mudou a forma como eles enxergam o mundo.”

O resultado é realmente de abrir os nossos olhos. Clique no play para assistir.

Veja o vídeo no YouTube.

A campanha foi feita para o Ramadã e divulgada no Oriente Médio — uma região com mais de 200 nacionalidades e um grande número de estereótipos que divide as pessoas.

Talvez essa região seja uma das que mais precise aprender a não julgar pela aparência.

Embora venda um produto que é uma porcaria, a mensagem da Coca-Cola é nobre. A empresa ainda retirou o famoso logo das latas de refrigerante durante o Ramadã, segundo o Review Journal.

Faz sentido, né? Até porque a mensagem que a Coca-Cola quis passar era:

“Rótulos são para latas e não para pessoas”

O que você achou dessa iniciativa?

Nós curtimos você. Você nos curte de volta? ❤️



Nossas sugestões pra você

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo