Bindercast

O profissional de marketing

De tudo que lemos, uma frase resume o livro: a contribuição do profissional de marketing é a disposição para ver e ser visto.

O marketing é do mal?

Há comunicadores com má índole, porém o marketing não é uma persuasão maligna, é uma ferramenta como muitas outras.

Conforme vimos em todo o livro, com o marketing você é capaz de gerar mudança e transformação em um grupo que você consegue atender.

Essa mudança pode ser tanto positiva quanto negativa. O que você fará com o conhecimento adquirido é responsabilidade sua.

Não há nenhum mal em vender produtos de beleza, embora há críticos que dizem ser um produto que reforça padrões de beleza.

Em última instância, você está proporcionando alegria e felicidade para quem está consumindo aquele produto.

No final, Seth também comenta da importância das narrativas que contamos para nós mesmos.

O que há de barulho na nossa cabeça? O que falamos para nós mesmos? Qual é a história que contamos dentro de nós?

A história que contamos para nós mesmos também precisa ser trabalhada, pois nossa narrativa nos congela ou nos impulsiona à ação.

Por fim, as 13 perguntas que são o alicerce de toda estratégia de comunicação:

  1. Para quem é isso?
  2. Para que serve isso?
  3. Qual é a visão de mundo do público que você está procurando alcançar?
  4. Do que eles têm medo?
  5. Que história você contará? É verdade?
  6. Que mudança você está procurando fazer?
  7. Como isso mudará o status do público?
  8. Como você alcançará os early-adopters e os neofílicos?
  9. Por que eles contariam aos amigos?
  10. O que eles contariam aos amigos?
  11. Onde está o efeito de rede que impulsiona isso adiante?
  12. Qual ativo você está construindo?
  13. Você se orgulha disso?
Leia:  Menor mercado viável
profissional de marketing
Crédito: rawpixel.com

[#Bindercast 025]