Animais

Cão terapeuta se torna o primeiro amigo de menino autista e comove a internet

Kainoa Niehaus é um garotinho americano de cinco anos que vive com os pais no Japão.

Ele é autista, e para ele, ser tocado ou abraçado por alguém é uma experiência muito dolorosa.

Desta forma, estabelecer uma conexão com o mundo ou mesmo ter uma amizade acabam sendo coisas impossíveis para o menino.

Seus pais tentaram todos os tratamentos possíveis para ajudá-lo com isso, mas em vão.

Desesperados, eles recorreram a uma organização sem fins lucrativos que faz um trabalho maravilhosamente lindo, a 4 Paws For Ability, que treina cães para ajudar crianças (e adultos, como veteranos de guerra) a terem melhor qualidade de vida.

A espera é longa e há vários testes para que uma criança consiga ter seu cão terapeuta.

Para os pais de Kainoa, foram dois anos de ansiedade, até que eles conseguissem vir do Japão para os Estados Unidos, numa viagem dificílima por causa da condição do menino.

Quando eles finalmente chegaram à ONG, e Kainoa encontrou Tornado, seu novo companheiro, foi isto o que aconteceu:

kainoa

Sua mãe, às lágrimas, vendo o filho estabelecer contato físico com outro ser pela primeira vez em toda a vida de Kainoa.

Sem dor, sem sofrimento, sem preconceito. Só amor.

A foto, divulgada na página da 4 Paws For Ability no Facebook, veio acompanhado de um relato emocionado de Shannon, mãe de Kainoa, que chorou de felicidade ao ver o filho tão confortável com seu cão.

“Nunca vivi um momento como este.”

“Esta foto captura a expressão de uma mãe que vê seu filho, a quem ela não pode abraçar, dar banho, vestir, dormir junto e tocar, livremente deitado ao lado de seu novo cão terapeuta, por vontade própria, em uma ligação sem palavras, poderosa, cheia de propósito”, disse Shannon.

Leia:  Mãe de 4 filhos compartilha o que ela faz todos os dias antes das 9 da manhã
kainoa2

“Esta é a expressão de uma mãe que viu seu filho viver incontáveis tentativas fracassadas de interação social no parquinho, em uma tentativa de ter um amigo. Qualquer amigo. Qualquer forma de conexão.

Ela se senta ao lado de seu filho enquanto ele chora à noite por meses a fio porque não tem nenhuma conexão consistente fora da família, não importa o quanto tente e não importa o quanto ele se esforce na terapia para o autismo. Ele não transfere para o mundo que ocorre naturalmente para ele. E agora ela está sentada atrás de seu filho, assistindo silenciosamente a este momento, sentindo o ar lhe faltar nos pulmões, sem conseguir dizer uma palavra.”

O vídeo está em inglês, mas nem precisa de legenda pra se emocionar.

The struggles were worth it.

Thank you to the folks at 4 Paws For Ability for this beautiful story. Check out their Facebook page. They do amazing work for children and veterans.

Posted by Rosey News on Wednesday, October 19, 2016

Ela acrescenta: “Valeu a pena cada luta para conseguir ajuda para meu filho, cada diagnóstico, cada novo provedor, cada dólar gasto, cada formulário preenchido, cada encontro na escola, cada lágrima que caiu, cada passo para frente e para trás, e cada pergunta sobre o futuro incerto. De alguma forma, por causa disso – por causa de Tornado, – eu sei que tudo vai ficar bem.”

“Como mãe, vi momentos desafiadores e dolorosos vezes sem conta que meu filho passou e as incontáveis vezes mais em que chorou. Ontem, porém, chorei por uma razão diferente. A sensação é indescritível.”

A foto de Kainoa e Tornado já foi compartilhada por mais de 15 mil pessoas.

Fonte: telegraph.co.uk.