Alma

Você só está pronto para mudar se aceitar começar agora

Você já conheceu alguém que queria mudar seus hábitos alimentares, mas antes de se comprometer optou ter um dia ou um fim de semana em que se permitisse comer livremente e desfrutar de tudo antes que ele não pudesse mais?

Tenho certeza que você conhece alguém.

Essa pessoa já teve sucesso em realmente mudar seus hábitos a longo prazo? Eu posso te garantir que não.

Na verdade, existem muitas razões psicológicas e fisiológicas profundas para o fracasso, mas a maioria se resume em: essa pessoa ainda não está pronta para mudar.

É contra-intuitivo, mas muitas vezes quando tentamos nos pressionar a mudar o máximo é quando realmente queremos mudar o mínimo.

E uma das verdades mais infalíveis sobre a vida é que outras pessoas não podem nos mudar, nem podemos mudá-las.

Nós só podemos mudar a nós mesmos, e nós só mudaremos quando nos sentirmos realmente prontos para isso.

Talvez você tenha elaborado uma lista completa de resoluções para o novo ano.

Talvez você tenha se comprometido silenciosamente com uma coisa ou outra na sua cabeça.

Mas a razão pela qual esses compromissos frequentemente falham é porque o desejo de mudar não é genuíno, é influenciado.

Se o desejo de mudar fosse real, não começaria em um dia designado.

Começaria agora.

como mudar agora

Você está esperando o que? Crédito: Murilo Folgosi | Pexels.

O que você fez em 31 de dezembro provavelmente diz mais sobre o seu ano do que o que você fez no dia 1º de janeiro.

Se você não está pronto para começar hoje, você não está pronto para mudar sua vida.

Se você não é obrigado a agir neste momento, você não tem certeza do que realmente deseja.

Leia:  O que acontece quando você busca entender suas emoções ruins

A maioria das pessoas pensa que sabe o que quer.

O que elas não percebem é que elas têm camadas e graus de desejo.

Há coisas que aspiram conscientemente e anseiam inconscientemente.

Elas têm grades sonhos flutuando em suas cabeças e apego por permanecer pequenos internamente.

O que elas ainda não perceberam é que forçar-se a se comprometer com uma coisa sobre outra é uma receita para o caos.

Se uma parte deles deseja sucesso, enquanto a outra tem medo de se tornarem antipatizados e sem fundamento, tentar forçar-se a perseguir uma delas intensificará severamente a outra sensação.

Vai criar discórdia, doença, incerteza e fracasso.

O trabalho não é para nos convencer a mudar, mas para retificar e alinhar o que é que realmente queremos.

Quando fazemos isso, a mudança começa por conta própria.

A mudança vai parecer sem esforço, os comportamentos serão ajustados gradualmente, mas com facilidade.

A verdade é que somos exatamente como queremos, fazendo exatamente o que queremos fazer.

O truque é descobrir as razões inconscientes pelas quais estamos ligados a essas realidades.

Uma vez que fazemos isso, podemos quebrar as correntes que nos unem.

Descobrimos que só podemos mudar quando estamos prontos para mudar, e o primeiro passo para chegar lá é perceber que a mudança não acontecerá em um dia.

A felicidade não chega em você de forma aleatória.

Sua vida não está em pausa; você não está esperando por um novo dia.

A alegria não começa quando você olha melhor e se sente motivado.

Começa agora, começa aqui.

E até que você esteja pronto para fazer isso, você ainda não está pronto para mudar.
___

Este texto foi publicado originalmente no Thought Catalog, por Brianna Wiest. Adaptação feita por Awebic. Saiba mais sobre o trabalho de Wiest aqui.