As melhores do Awebic

Adeus caixões! Cápsula orgânica transforma pessoas falecidas em árvores

awebic-caixao-organico-fb

O ciclo da vida. Ao morrer alguém pode gerar uma nova vida.

A ideia do “ciclo da vida” agrada muitas pessoas independentemente da fé. Em poucas palavras, é vida se transformando em vida — a morte fica em segundo plano.

O projeto italiano The Capsula Mundi é uma representação perfeita desse conceito.

Desenvolvido pelos designers Anna Citelli e Raoul Bretzel, o projeto consiste em uma cápsula orgânica e biodegradável que é capaz de transformar um corpo em decomposição em nutrientes para uma árvore.

Primeiro, o corpo do falecido é colocado dentro da cápsula e então enterrado. Depois é plantado uma árvore ou uma semente por cima para aproveitar a matéria orgânica.

O projeto veio da ideia de criar uma alternativa ecologicamente sustentável para caixões

Caixão orgânico (1)

Fonte: capsulamundi.it

Cada cliente pode escolher sua árvore favorita

Caixão orgânico (2)

Fonte: capsulamundi.it

É a transformação do cemitério…

Caixão orgânico (3)

Fonte: capsulamundi.it

… em uma floresta de memórias!

Caixão orgânico (5)

Fonte: capsulamundi.it

Isso sem derrubar árvores para produzir caixões…

Caixão orgânico (4)

Fonte: capsulamundi.it




… mas plantando vários tipos para gerar mais vida.

Caixão orgânico (6)

Fonte: capsulamundi.it

O projeto é ousado e mexe em tradições seculares, por isso ainda não foi colocado em prática. A Itália tem leis restritas sobre enterros.

Eu achei a solução incrível. Transformar cemitérios em lugares cheios de árvores (vida) é uma excelente maneira de resgatar boas lembranças das pessoas que se foram.

O que você acha de ser enterrado e dar vida a uma árvore?

Já pensou em substituir caixões por árvores?

Você ouviu falar da cápsula orgânica que transforma pessoas falecidas em árvores? Ainda não?>> Clique no play (o vídeo tem só 30 segundos)

Posted by Awebic on Wednesday, May 20, 2015

Leia também — Árvores ancestrais: mulher passa 14 anos fotografando as árvores mais antigas do mundo

Clique para comentar

Deixe um comentário


Nossos fãs estão curtindo:

Ir Topo